É fato que o #Palmeiras já está bastante preocupado com o planejamento para 2016. Alexandre Mattos, executivo de #Futebol, e Paulo Nobre, presidente, tem se reunido semanalmente para discutir possíveis reforços e renovações contratuais. A ideia é não sofrer mais com contusões, como foi o caso de Gabriel e agora, recentemente, de Arouca. 

Por enquanto, apenas dois vínculos foram estendidos. O goleiro Fernando Prass assinou e deve ficar até o final de 2017. O zagueiro Vitor Hugo também prolongou seu vínculo após fazer boas partidas e agradar tanto o técnico Marcelo Oliveira quanto a diretoria do Alviverde.

Rafael Marques tem o caso um pouco mais complicado. Porém o Palmeiras vai receber um grande auxílio para concluir a renovação e manter o atacante.

Publicidade
Publicidade

A Crefisa, atual patrocinadora master da camisa palmeirense, já se comprometeu em comprar o jogador e repassar integralmente para o clube. Segundo o próprio presidente da empresa, Rafael é imprescindível para o próximo ano. A transação deve girar em torno de US$ 1,5 milhão. 

Sem espaço, o goleiro reserva Aranha deve deixar o Alviverde em dezembro. Com a renovação de Prass, a permanência do arqueiro ficou bastante ameaçada. Ainda não existem clubes interessados, mas o estafe do jogador já garantiu que deseja vê-lo como titular em alguma equipe da Série A no próximo ano.

O lateral Zé Roberto também está bastante próximo de renovar. Ele mesmo já revelou que é uma vontade dos dois lados e que a idade (41 anos) não o fará desistir de atuar por, pelo menos, mais duas temporadas. Zé também ressaltou que a identificação com o clube foi muito forte e que ele jamais esperava ser chamado de "Animal" pelos torcedores. 

Reforço internacional

A imprensa dos EUA ventilou que Pirlo, astro da seleção italiana, estaria negociando com o Palmeiras.

Publicidade

O sonho do jogador, segundo o periódico, é disputar uma Copa Libertadores e jogar por um clube do futebol sul-americano. 

O Palmeiras, como é comum, não confirma e nem desmente a informação. Porém, além do jornal americano, alguns jornalistas brasileiros já apuraram a informação e encontraram alguns vestígios de "verdade". Neste momento não passa de mera especulação. #Blasting News Brasil