Recentemente, o Jornal Daily Mirror fez uma matéria junto a família do ex-campeão de Fórmula 1, Michael Schumacher, em que foi feito um levantamento do real estado de saúde do ex-piloto, tal como os gastos da família com o tratamento médico que ele vem recebido atualmente em sua casa. Os gastos superam R$590 mil reais por semana. O ex-piloto tem se comunicado com a família através dos olhos, pois o restante da face está paralisado.

As despesas superam hoje a marca de R$ 1 bilhão de reais (já convertidos). Dentre elas está o pagamento de toda uma equipe médica que inclui médicos clínicos, enfermeiras, nutricionista, fisioterapeuta e mais outros especialistas que visitam de forma recorrente o paciente que se encontra em estado semi-vegetativo.

Publicidade
Publicidade

No valor foi inserido também os gastos com materiais hospitalares e aparelhos necessários para a manutenção da vida de Schumacher.

O alemão, que ficou cerca de 1 ano internado em uma ala de reabilitação, recebeu alta médica e pode agora ser tratado perto da família que arcou também com os custos de transferência. 

Schumacher se comunica com o olhar

Mesmo debilitado e sem falar, Schumacher já consegue se comunicar através dos olhos. A lesão que o piloto teve no cérebro acabou por danificar áreas correspondentes a fala. 

A esposa de Schumacher afirmou em entrevista a revista italiana Autosprint que Michael se emociona toda vez que ouve a sua voz ou a dos filhos. Segundo ela, a única forma que o marido encontrou para demonstrar seus sentimentos são as lágrimas, já que todo o rosto está paralisado.

Publicidade

Médicos não sabem precisar um data de melhora

Mesmo com todo tratamento, a equipe médica que cuida de Schumacher afirma que não é possível prever datas para o ex-piloto estar totalmente recuperado.

Na verdade, não dá pra prever sequer que isso ocorrerá algum dia. Fontes próximas a esposa do heptacampeão de Fórmula 1 afirmam que a mulher de Michael está cada vez mais desesperançosa, já que sabe que o tratamento do marido é longo e possivelmente ineficaz. #Famosos #Automobilismo