Já listamos as cinco coisas que podem acontecer se o Palmeiras for Campeão da Copa do Brasil. Mas e se o Verdão for vice da competição?

Dia 25 de novembro começa a grande decisão do torneio nacional. Santos e #Palmeiras se enfrentam na Vila Belmiro pelo primeiro jogo da final. Dia 02 de dezembro saberemos, no Allianz Parque, quem levará a taça. 

Pelo Paulista, os alvinegros levaram a melhor nos pênaltis. Depois de perder em São Paulo por 1 a 0, o resultado de 2 a 1 em casa levou a partida para os penais. O Palmeiras, então, encarou o vice-campeonato como um avanço no caminho da transformação. Afinal durante anos e anos a equipe não tinha bons resultados fruto de trapalhadas políticas e técnicas.

Publicidade
Publicidade

Se for vice de novo, o que pode acontecer no Alviverde?

1) Pressão em cima da diretoria

Paulo Nobre contratou 25 reforços junto com Alexandre Mattos e já havia deixado claro que o time demoraria um pouco para se encontrar. Mas a vaga na decisão do torneio dará a chance de coroar a boa administração ainda em 2015. Mas o céu fica perto do inferno neste caso, pois se o Verdão não confirmar o título, a diretoria inteira vai sofrer pressão e críticas de todos os lados, tanto dentro dos muros do clube como fora.

2) Justificativa financeira

A folha salarial do clube gira em torno de R$ 12 milhões mensais. Cristaldo, por exemplo, ganha em dólares e, convertido, seu salário é de aproximadamente R$ 600 mil. Membros do Conselho Deliberativo criticam esse tipo de atitude e gasto, já que o argentino dificilmente entra em campo e não é considerado um excelente jogador. 

O custo mensal para manter o time do Palmeiras é muito caro e não teria dado resultado nessa situação.

Publicidade

3) Avanti

Naturalmente, o crescimento do número de sócios-torcedores devem estagnar. Novas adesões devem acontecer aos poucos e não tão frequentes como aconteceu no início do ano, fruto da esperança por um time melhor e conquista de títulos, além da oportunidade de conhecer o Allianz Parque.

4) Relação com os patrocinadores

A Crefisa já informou em algumas reuniões que deseja muito que o Palmeiras seja campeão ainda em 2015. A financeira, inclusive, se disponibilizou para ajudar o clube no pagamento do prêmio por título da competição. Segundo informação não confirmada, seria R$ 300 mil para cada jogador e membro da comissão técnica relacionado para a partida decisiva no Allianz Parque. 

Um eventual vice-campeonato poderia decepcionar um pouco os executivos e a relação entre a empresa e o clube. Investimentos para 2016 seriam mais tímidos, já que a vaga na Copa Libertadores ficará extremamente complicada de se conquistar via #Campeonato Brasileiro.

5) Problemas com reforços

Nem todo jogador vai aceitar jogar no Palmeiras sabendo que o clube não tem vaga no Torneio Continental em 2016. Alguns grandes jogadores apenas aceitam jogar em equipes que devem disputar a Libertadores. Jogar esse torneio trás visibilidade e status internacional. A busca por reforços importantes ficará mais difícil de ser finalizada.  #Futebol