Com expectativa de casa cheia, o #Corinthians enfrenta nesta quinta-feira, 19, o #Vasco, às 22h (de Brasília), no estádio de São Januário, Rio de Janeiro, pela 35ª rodada do #Campeonato Brasileiro. Com 76 pontos, o alvinegro paulista quer carimbar o título da competição com uma vitória diante dos donos da casa, o que já garante matematicamente a conquista, com 79, pois o segundo colocado, Atlético-MG, com 65, só pode chegar aos 77, caso vença todas as quatro partidas que lhe restam.

No entanto, os alvinegros cariocas prometem dificultar a vida do líder do Brasileirão. Precisando desesperadamente da vitória, o Vasco vai pra cima do Corinthians, pois luta para evitar o terceiro rebaixamento da sua história.

Publicidade
Publicidade

Além disso, a rivalidade entre cariocas e paulistas é mais uma “pimenta no bolo” deste clássico, e os vascaínos não querem ver os corintianos sendo campeões em pleno estádio cruz-maltino.

Mais de 30 mil torcedores são esperados para hoje em São Januário.

A preparação dos times

O Corinthians terá três desfalques para a partida decisiva contra o Vasco. O zagueiro Gil e os meio-campistas Elias e Renato Augusto serão poupados, pois defenderam a seleção brasileira na última terça-feira, 17, na vitória por 3x0 contra a seleção peruana, em jogo realizado na Fonte Nova, em Salvador, pela 4ª rodada das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2018 na Rússia.

Para substituir os três atletas, o técnico Tite vai escalar Edu Dracena, Bruno Henrique e Rodriguinho, respectivamente.

Em contrapartida, o timão terá o retorno do goleiro Cássio, já que este, mesmo também estando com a seleção na última terça, não entrou em campo, ficando apenas no banco de reservas.

Publicidade

Além disso, o reserva imediato no gol do Corinthians, Walter, não está 100% para a partida, pois ainda se recupera de dores na região lombar, o que confirma a volta de Cássio ao gol corintiano.

Para o jornalista Gustavo Dantas, o confronto entre Vasco e Corinthians deve ser tenso e acirrado. “Que o Corinthians tem um time melhor, isso é evidente, mas nesta reta final de campeonato tudo é incerto, pois outros fatores acabam ganhando força e podem refletir dentro de campo. Por exemplo, a ansiedade pela confirmação do título é algo que pode atrapalhar os jogadores corintianos se os mesmos não mantiverem o foco na partida”, afirma Dantas.

“Outro fator é a necessidade de vitória do Vasco. Se perder, o time carioca praticamente decreta o seu rebaixamento. Além disso, existe o orgulho carioca de não querer que um time paulista seja campeão dentro dos seus domínios. Por conta disso, a torcida vascaína promete empurrar seus jogadores para vencer o Corinthians. Este apoio da torcida pode ser um diferencial em campo, mas, para mim, o time paulista, ainda assim, é o favorito e sai de São Januário com o hexa”, diz o jornalista.

Publicidade

Vasco pronto

Após a confirmação do meio-campista Nenê, um dos destaques do time no campeonato, o Vasco está pronto para o difícil duelo contra o Corinthians. O técnico Jorginho já confirmou também que vai entrar novamente com a dupla de volantes Serginho e Diguinho, que foram bem na última partida do time, quando venceram o Palmeiras, em plena arena do palestra, por 2x0.

A única baixa é da do meia-atacante Jorge Henrique, que ainda se recupera de um estiramento na coxa direita e não vai para a partida contra seu ex-clube. O Vasco tem 33 pontos na competição e está na penúltima posição da tabela.

Contudo, o time está a apenas dois pontos do primeiro fora do Z-4, o Avaí, que tem 35 pontos. Esta diferença já foi de 13 pontos, o que evidencia o crescimento dos cruz-maltinos no segundo turno e motiva os torcedores vascaínos a continuarem apoiando os jogadores para escapar do rebaixamento.