Hexacampeão, o #Corinthians, que recebeu no domingo, 22 de novembro, a taça do Brasileirão 2015, conquistado com três rodadas de antecipação, adicionou mais uma marca à sua significativa coleção de recordes na temporada ao converter um pênalti na goleada de 6 a 1 que impôs ao São Paulo. Dono do melhor ataque, defesa menos vazada, melhor campanha caseira e maior número de pontos ganhos como visitante, o Corinthians assumiu a liderança do ranking de maior número de pênaltis convertidos na competição. Foram seis. Está ao lado de Goiás e Atlético-MG, que também balançaram meia dúzia de vezes a rede dos rivais dessa maneira.

Porém, apresenta uma vantagem em relação aos adversários.

Publicidade
Publicidade

Não sofreu gol de pênalti no torneio até agora. No jogo contra o São Paulo, até teve uma penalidade marcada contra. Mas Cássio defendeu a cobrança de Alan Kardec. O Goiás já levou dois gols de pênalti e o Atlético-MG sofreu quatro tentos dessa forma. Após 36 rodadas, a competição teve 68 cobranças de penalidade convertidas, o que significa que 8% dos gols do torneio foram feitos dessa maneira. O índice está um pouco acima da média do Brasileirão. Em sua era de pontos corridos, iniciada em 2003, foram marcados 1099 tentos através de cobranças de pênalti, ou seja, 7,7% dos gols são feitos assim.

A temporada de 2005, que também teve o Corinthians como campeão, foi a recordista em gols de pênalti. Foram 9,1% de vezes que as redes balançaram através de cobranças de penalidades máximas. O Brasileirão de 2013 foi o que, proporcionalmente, menos gols teve dessa forma.

Publicidade

Apenas 6,5% dos tentos foram marcados de pênalti.

Líder da temporada 2015, o Corinthians é o terceiro no ranking de pênaltis convertidos na história do Brasileirão em sua era de pontos corridos. Entre 2003 e a rodada 36 da temporada atual, fez 62 gols dessa forma. É superado pelo Cruzeiro, que tem 70 gols em cobranças de penalidade máxima, e também pelo Fluminense, que marcou 66 tentos dessa maneira.

Quando se trata de sofrer gols de pênalti, a liderança da listagem é do #Vasco, que mesmo tendo passado duas temporadas na Série B, levou 64 gols dessa maneira. É seguido pelo Internacional, com 59 tentos, e o São Paulo, com 53.

Na temporada atual, todavia, nenhum time sofreu mais gols de pênalti que o Figueirense, que luta contra o rebaixamento. A equipe de Florianópolis levou oito dos 47 gols que tomou dessa forma. O Vasco, também na zona de rebaixamento, líder da lista histórica, é o segundo no Brasileirão 2015 com seis tentos. Flamengo, Internacional e Joinville levaram cinco gols de pênalti cada. #Campeonato Brasileiro