O Corinthians enfrentou o São Paulo pela 36 rodada do #Campeonato Brasileiro. O tricolor paulista precisava da vitória para se manter no G4 e desta forma garantir a vaga na Libertadores do próximo ano.

O jogo foi realizado na Arena do #Corinthians em Itaquera e teve recorde de público. O time da casa conquistou o título de campeão brasileiro na última quinta-feira, empatando com o Vasco em 1 X 1, enquanto o São Paulo vencia o Atlético Mineiro acabando com as chances do time mineiro de conquistar o título.

O primeiro gol do Corinthians aconteceu aos 26 do primeiro tempo, quando Felipe cabeceou para o gol, o goleiro do São Paulo rebateu e a sobra de bola para Bruno Henrique marcar o primeiro gol para a equipe alvinegra.

Publicidade
Publicidade

Antes que os tricolores pudessem digerir o primeiro gol, a equipe adversária marcou, dois minutos depois, em uma cobrança de escanteio, em gol marcado por Romero.

Os jogadores dos dois times se estranharam e o árbitro mostrou cartão amarelo para Thiago Mendes e Fagner respectivamente. 

Os times tocavam a bola no meio de campo e o São Paulo encontrou dificuldades para chegar ao gol adversário, quando em um escanteio para o Corinthians, Edu Dracena cabeceia, Denis espalma porém o zagueiro marca o terceiro aos 45 do primeiro tempo.

O São Paulo retornou do primeiro tempo tentando atacar, porém demonstrava apatia em campo, tocando a bola no meio do campo e errando passes, quando em uma roubada de bola, e troca de passes do time adversário, em um toque de calcanhar Danilo que marca o quarto gol do Corinthians.

Publicidade

Como se não pudesse piorar para o tricolor, três minutos depois o Corinthians volta a marcar, com gol contra de Hudson.

O São Paulo continuava abatido em campo e em um cruzamento na área do Corinthians, Carlinhos marca pro São Paulo, diminuindo a diferença de gols.

Aos 30 minutos, Romero do Corinthians é derrubado por Reinaldo na grande área e o juiz marca pênalti cobrado por Cristian que marca o sexto gol.

Aos 34, juiz marca pênalti para o São Paulo, que é desperdiçado por Allan Kardec com defesa fácil para Cássio.

O juiz apita o fim do jogo aos 45:58 do segundo tempo, em noite de apagão para o São Paulo e de festa e premiação para o Corinthians.

Com volta de Cássio, Corinthians tenta carimbar o hexa #Resenha Esportiva