A temporada magnífica de Novak Djokovic não poderia terminar de outra forma. Com mais um título, dessa vez no ATP Finals, o sérvio encerrou o seu incrível 2015 com um total de 11 conquistas e a cada vez mais afirmada posição de número 1 no ranking mundial. A final que não ocorreu em 2014, quando Roger Federer acusou dores nas costas e sequer entrou em quadra, enfim aconteceu um ano depois, e Djokovic não deu chances ao oponente.

O duelo deste domingo servia como uma espécie de revanche para Djokovic. Na fase de grupos do torneio, Federer, em grande exibição, desbancou o sérvio e se classificou em primeiro da chave. Além disso, naquela ocasião, ultrapassou o adversário no confronto direto, com 22 vitórias e 21 derrotas. 

Soberano e absoluto na partida desde o princípio do jogo, demonstrando a habitual perfeição nos momentos decisivos, Novak Djokovic venceu Roger Federer sem maiores dificuldades e marcou 6/3 6/4, empatando o confronto direto contra o suíço em 22 vitórias para cada lado.

Publicidade
Publicidade

No entanto, o número 1 do mundo levou vantagem em 2015, quando venceu o rival em cinco das oito partidas disputadas, incluindo as finais de Wimbledon e do Aberto dos Estados Unidos.

"Quando você ainda é somente uma criança, você acaba sonhando com momentos como esse que estou vivendo. Tenho que agradecer às pessoas que estão ao meu redor por me possibilitarem tudo isso. Com certeza, estou extremamente orgulhoso de tudo o que fiz nesta temporada. Agora vou tirar umas férias com a minha família e me afastar do #Tênis um pouquinho", comentou Djokovic durante a cerimônia de premiação.

Com a derrota, Roger Federer terminará 2015 na terceira colocação mundial, já que precisava do título para tirar de vez o britânico Andy Murray do segundo posto. Aos 34 anos, o suíço provou na atual temporada que ainda é capaz de realizar grandes exibições, e prova disso foram suas três vitórias sobre Djokovic.

Publicidade

E para quem pensa que Federer já trabalha com a ideia da aposentadoria, ele mesmo deu o recado ao público presente no Finals:

"Eu espero reencontrá-los no ano que vem". #Entretenimento #Jogos