Apesar da campanha sem sustos este ano, o #Botafogo sabe que para se manter na Série A de 2016 é necessário reformular e reforçar o elenco. Segundo Rodrigo Federman, do blog Cantinho Botafoguense, “Para uma Série A sem sustos, acho que não podemos confiar plenamente na base de 2015. Ela é fraca e não podemos fechar os olhos para isso. Sei das dificuldades financeiras e de mercado, mas acho que o elenco precisaria de uma mudança geral em pelo menos 70% para a Primeira Divisão”.

Para Federman, do elenco atual poucos jogadores deveriam ficar: “Jefferson, sempre! Em seguida, Renan Fonseca, Willian Arão, Daniel Carvalho e Elvis (entre os mais velhos); e talvez mais uns quatro ou cinco.

Publicidade
Publicidade

Apenas”, afirma. Ele também reconhece as pratas da casa, que se destacaram este ano e merecem mais chances no ano que vem em um desafio maior: “Fora esses, os jovens Fernandes, Diego e Luis Henrique”, complementa.

Com futuro incerto no início do ano, o Botafogo evitou fazer contratos mais longos, razão pela qual a maioria dos contratados este ano terão vínculos encerrados ao término de 2015. Garantido na Série A, o Glorioso já busca negociar com os destaques da atual temporada, como o volante Willian Arão, o zagueiro Renan Fonseca e o atacante Álvaro Navarro.

Decidido a manter uma folha salarial mais enxuta em 2016, o Botafogo tem esbarrado na pedida mais alta desses jogadores, que se valorizaram pela boa campanha em 2015 no próprio Botafogo, despertando o interesse de outras equipes da Série A.

Publicidade

#Futebol #Campeonato Brasileiro