Caso se apegue ao retrospecto recente dos grandes clubes brasileiros que caíram à segunda divisão, o #Botafogo pode estar tranquilo que o acesso está garantido. Mesmo com a derrota neste sábado por 1x0 para o Criciúma, o time carioca segue próximo de garantir de vez a vaga na Série A em 2016. Nesta terça, o Alvinegro encara o Luverdense fora de casa e chegará ao objetivo em caso de vitória.

Desde que o futebol brasileiro adotou a fórmula de pontos corridos tanto na Série A quanto na Série B, a presença dos grandes clubes na divisão inferior têm sido frequente. Entretanto, a imensa maioria mostrou amadurecimento ao aprender com os erros cometidos e logo no ano seguinte deu a resposta e voltou ao topo.

Publicidade
Publicidade

No Brasileirão de 2002, o último no sistema de mata-mata, Palmeiras e Botafogo acabaram sucumbido e foram obrigados a experimentar a B. Em 2003, embalados pelo carinho dos seus respectivos torcedores, ambos os times subiram e voltaram à elite em 2004.

Em 2005, foi a vez do #Grêmio protagonizar uma verdadeira epopeia na “Batalha dos Aflitos”, quando venceu o Náutico com somente sete jogadores em campo e dois pênaltis evitados e voltou à primeirona. Em 2006, o Atlético-MG repetiu a dose e também subiu.

Em 2007, o #Corinthians pagou o preço pelas más gestões e experimentou pela primeira vez o gosto do rebaixamento. No entanto, o clube paulista conseguiu se reformular, cresceu e subiu sem maiores dificuldades já no ano seguinte, quando formou o embrião de um time que viria a ganhar a Libertadores e o Mundo anos depois.

Publicidade

Vasco em 2009 e 2014 e Palmeiras em 2013 foram outras grandes equipes do futebol brasileiro que estiveram na Série B, mas deram a volta por cima – mesma volta que o Botafogo está próximo de dar.