O #Botafogo de 2015 também foi marcado pela revelação de bons atletas e que fizeram a diferença e foram decisivos quando a equipe precisou.

Entre as boas surpresas das divisões de base, é possível destacar o volante Fernandes, de apenas 20 anos, que garantiu as vitórias do Botafogo contra as equipes do Macaé e do Boa Esporte. O jovem era titular absoluto da equipe principal até a contusão que o afastou seis semanas dos gramados.

Outro jogador bastante promissor do time carioca é o atacante Luis Henrique, que se destacou no time vice-campeão da Copa do Brasil Sub-17 como artilheiro da competição com 14 gols em dez partidas.

Publicidade
Publicidade

Em sua estreia pelo time principal, na vitória por 5x0 contra o Sampaio Corrêa, marcou dois gols. Porém, não manteve o ritmo e seguiu no banco com a chegada do artilheiro uruguaio Álvaro Navarro e do também promissor Neilton.

Com participação mais discreta, o lateral Diego também se mostrou uma opção interessante, sobretudo no apoio. Substituindo o titular do lado direito, Luis Ricardo, o jovem de 19 anos foi responsável pelos passes que resultaram nos gols dos atacantes Álvaro Navarro e Neilton no empate contra o Sampaio Corrêa.

Também cria das divisões de base do Botafogo, o atacante Sassá foi promovido à equipe principal em 2012. Porém, sem tanto destaque, foi emprestado ao Náutico em 2014 e se destacou como artilheiro da equipe pernambucana na Série B. Mais experiente, o jovem de 21 anos ganhou nova chance este ano no Botafogo e aproveitou bem as oportunidades marcando gols nos triunfos contra Vitória e Náutico.

Publicidade

  #Futebol #Campeonato Brasileiro