Essa história entre José Mourinho e #Cristiano Ronaldo aconteceu alegadamente em 2013, em um ano que não correu nada bem para o #Real Madrid. Com o campeonato quase perdido para o Barcelona, restava aos 'merengues' lutar pela Taça do Rei, a segunda maior competição de Espanha. O adversário era difícil, o Valência, um time que iria terminar aquela época no 5º lugar da La Liga.

É Guillem Balague, um jornalista inglês, que conta a história na biografia de Cristiano Ronaldo. Ele revela que durante um jogo das quartas de final da Taça do Rei, o técnico português ficou muito irritado com CR7. Em um lançamento lateral, o jogador português não ajudou a equipe a defender esse lance e ainda no gramado foi alvo da ira do treinador, que protestou de imediato.

Publicidade
Publicidade

No final, o resultado até foi a favor dos madrilenos, que venceram por 2x0, com gols de Benzema e um gol contra de Guardado. No entanto, Mourinho não esqueceu aquele lance e no vestiário "disparou" contra Ronaldo. "Se eles tivessem marcado gol...". Cristiano, furioso, respondeu: "Depois de tudo o que fiz por você, é assim que você me trata! Como se atreve a dizer-me isso?!".

José Mourinho respondeu à sua maneira, dizendo que muitos dos jogadores do seu time pensavam como ele, mas que não tinham coragem para dizer isso a CR7. Depois dessas palavras, jogador e treinador foram subindo o tom da discussão e teriam tentado se agredir a uma determinada altura, no entanto, isso não aconteceu. Alguns jogadores conseguiram separar os dois portugueses e terminar a discussão.

Essa história relatada por Guillem Balague vem agora confirmar o que já se falava naquela época.

Publicidade

Os rumores diziam que Cristiano Ronaldo e José Mourinho não gostavam um do outro e que mantinham apenas uma relação profissional.

Aquela época de 2012/2013 viria a terminar mal para o gigante do futebol europeu. O Real Madrid acabaria por perder o campeonato com uma diferença de 15 pontos para o Barcelona. Na Liga dos Campeões, perdeu nas quartas de final para o Borussia Dortmund e na Taça do Rei conseguiu chegar à final, mas perderia para o Atlético de Madrid por 2x1, com gols dos brasileiros Diego Costa e Miranda. #Blasting News Brasil