Corinthians está perto de se tornar campeão do campeonato brasileiro, mas antes quer garantir o retorno de uma estrela do time. Carlos Tévez cumpriu sua promessa de retornar para o Boca Juniors, o time do coração, para ser campeão e ele conseguiu. O nível do jogador ainda é um dos melhores do mundo e, portanto, o time do #Corinthians quer contar com ele para a próxima temporada de 2016.

O Corinthians, onde Paolo Guerrero também brilhou e tornou-se o maior artilheiro estrangeiro batendo o mesmo Carlos Tévez, está prestes a sair campeão no Brasileirão. Portanto, os planos de permanecer na elite do campeonato fazem com que o "Timão" queira investir no jogador.

Publicidade
Publicidade

"Nunca deixe de sonhar, se quer trazer um jogador como o (Carlos) Tévez, mas nós não faremos nada até metade do próximo ano. Nos primeiros meses, o Corinthians não vai fazer um compromisso impactante, para não sobrecarregar a parte financeira. Mas então podemos ir em frente", disse Andrés Sánchez, superintendente de #Futebol do Corinthians.

O jogador argentino conseguiu grandes conquistas e hoje é um ídolo do Corinthians. O atual atacante do Boca Juniors tornou-se o maior artilheiro estrangeiro do 'Timão', uma marca que foi  superada mais tarde por Paolo Guerrero.

Carlos Tévez lembra do Corinthians em uma entrevista ao programa "El Show del fútbol"

O atacante e ídolo do Boca Juniors surpreendeu com uma declaração sobre o polêmico final da Copa Argentina contra a equipe Central.

"Passou pela minha cabeça novamente jogar a final", disse no programa "El Show del fútbol".

Publicidade

"Um jogador não gosta de ganhar um campeonato assim". Em outra, ele disse que ele não iria cumprimentar o Alejandro Sabella, antigo técnico do nacional, se ele atravessasse a rua.

O também ídolo  dos Corinthianos não gosta do técnico Alejandro Sabella porque ele o deixou fora da lista dos convocados da seleção argentina para o mundial de 2014, que foi no Brasil. "Não o cumprimentaria, e olharia para outro lado. Estávamos juntos no Corinthians, eu era o capitão e ele o ajudante de Passarella", lembra o jogador. #Campeonato Brasileiro