Paolo Guerrero jogou pelo Corinthians e agora veste a camisa do #Flamengo. Como é evidente, o desempenho do peruano em ambos os clubes tem sido diferente. Um jornalista de um programa esportivo nacional comentou sobre o assunto. O peruano poderia sair mais cedo do que esperado do Flamengo e retornar no ano que vem para a cidade de São Paulo, mas não para jogar no Corinthians, e sim, por seu rival, #Palmeiras.

O jogador se sentia mais confortável no Corinthians do que no Flamengo. "A vida era mais fácil", disse o comentarista do "SportTV". "O sistema ofensivo do Flamengo afeta a produção de Paolo Guerrero" acrescentou Birner.

Publicidade
Publicidade

"Guerreiro não é um gênio como Ronaldo ou Romário", concluiu.

Paolo Guerrero não passa os seus melhores dias no Flamengo. Ele já foi expulso algumas vezes e, em geral, tem tido um desempenho discreto. Apesar disso, não deixa de ser uma tentação para outros clubes brasileiros, como, por exemplo, o Palmeiras.

O alviverde paulista quer aproveitar que Guerrero não cumpriu as expectativas geradas pelo Flamengo com sua contratação e vai pedir para trocá-lo por dois de seus jogadores. Os escolhidos seriam os atacantes Rafael Marques Pinto e Dudu, que, segundo os dirigentes palmeirenses, seriam mais úteis para um Flamengo que necessita montar uma boa equipe. O atacante do Flamengo não tem marcado a quantidade de gols esperados pelo clube carioca.

No entanto, de acordo com a 'Folha de São Paulo', o Flamengo estaria disposto a deixar Paolo Guerrero ir para o Palmeiras por empréstimo de um ano.

Publicidade

Porém, o 'porco' teria de oferecer três jogadores em troca e ser responsável por todos os salários, incluindo o do 'predador'.

A chegada de Paolo ao Palmeiras seria muito mais difícil para os corintianos, que tinham o peruano como ídolo e que agora considera ele um traidor, por sair do Corinthians e ir para o Flamengo. Ele foi contratado pelo rubro-negro carioca no meio deste ano, após deixar o Corinthians. O atacante assinou contrato com o 'mengo' até 2018. O jogador se juntará a seleção peruana, que jogará contra Brasil e Paraguai nas Eliminatórias da Copa da Rússia. #Negócios