O Internacional já sabe que vai perder o goleiro Alisson para a temporada de 2016. Sem sucesso na tentativa de renovar o contrato do arqueiro, a diretoria colorada se vê obrigada a negociá-lo para evitar uma saída a custo zero no final do vínculo. O Roma, da Itália, deverá ser o destino do jogador. O que resta ficar definido é se Alisson deixa o Beira-Rio em janeiro, julho ou dezembro de 2016. A tendência é que ele saía logo após o Gauchão.

Com isso, abre-se uma importante lacuna no gol colorado. Sem Dida, que também se desligará do clube no final de dezembro, restará apenas Muriel como goleiro experiente no elenco principal.

Publicidade
Publicidade

No entanto, o irmão de Alisson não conta com a total confiança da torcida. Abaixo, listamos 10 goleiros que podem ser bom substitutos do arqueiro da #Seleção Brasileira para o Internacional.

Danilo Fernandes - Um dos melhores goleiros do último Brasileirão. Com atuações destacadas e impressionante regularidade, Danilo desbancou o ídolo Magrão no gol do Sport e se tornou um dos grandes nomes na boa campanha do Leão em 2015.

Jefferson - Presença frequente na Seleção Brasileira e ídolo do Botafogo, Jefferson vem sendo um dos melhores goleiros do país há várias temporadas. Tirá-lo do Rio de Janeiro exigiria um bom investimento, é verdade, mas nada que o Inter não tenha condições de fazer.

Alex Muralha - O visual já intimida qualquer atacante. No Figueirense, Muralha foi um dos personagens da heroica campanha do time catarinense que só se salvou do rebaixamento na última rodada.

Publicidade

Renan Ribeiro - Com 25 anos, Renan Ribeiro mostrou autoridade e fez atuações seguras com a camisa do São Paulo ao longo de 2015 nas ausências de Ceni e Dênis. Com a aposentadoria de Rogério, Dênis naturalmente deve herdar o posto. Renan, nesse caso, amargaria mais um ano no banco.

Weverton - Capitão e destaque do Atlético-PR há três temporadas. Em 2015, ainda defendeu um pênalti de D'Alessandro em pleno Beira-Rio. Tem credenciais.

Vanderlei - Goleiro regular e seguro desde os tempos do Coritiba. No Santos, veio a se firmar no decorrer da temporada. Também exigiria investimento.

Renan - Por que não? Dizem que o bom filho sempre à casa torna. Desde que saiu do Inter, Renan tem se mostrado mais maduro e experiente ao longo de três temporadas como titular absoluto do Goiás. É uma alternativa.

Marcelo Lomba - Está na hora de voltar a ter uma chance em um grande clube. No Bahia e mais recentemente na Ponte Preta, Lomba colecionou grandes atuações e defesas impressionantes.

Walter - Quando Cássio não joga, Walter mantém em alto nível as exibições no Corinthians.

Publicidade

Tite, em várias ocasiões, disse que Walter é um dos grandes responsáveis pela grande fase de Cássio. Mas só ficar no banco é pouco.

Danilo - É outro bom valor da nova safra de goleiros que está surgindo no Brasil. Também foi um dos destaques da surpreendente campanha da Chapecoense em 2015, que contou com uma campanha segura no Brasileirão e umas quartas de final de Sul-Americana dando o maior sufoco no River. #Negócios #Sport Club Internacional