O atual campeão do Campeonato Brasileiro, #Corinthians, foi eliminado da Copa do Brasil, mas garantiu seu acesso à disputa mais cobiçada da América Latina: A Copa Libertadores. Entretanto, uma 'crise financeira' pode deixar o clube fora da competição no próximo ano e a informação é do próprio dirigente do clube de longa data, Andrés Sanchez.

Andrés declarou que não vai pagar para participar da competição, que segundo ele paga muito pouco com as premiações. O prêmio pago ao grande vencedor é de R$8 milhões, mas Sanchez diz que esse valor é muito baixo, além disso afirma que a Conmebol paga R$480 mil por cada partida em casa, mas o superintendente de futebol do clube considera o valor extremamente baixo e quer que este seja aumentando para auxiliar nas receitas do clube paulista.

Publicidade
Publicidade

Sanchez não pensou duas vezes antes de afirmar que se os valores não forem reajustados para 'números satisfatórios', o Corinthians não participará da competição.

A imprensa acredita que Andrés só disse isso para pressionar os organizadores da competição, uma vez que o político petista costuma envolver-se em polêmica quando lhe é conferida a palavra. De qualquer maneira, o Corinthians é o clube mais endividado depois de conseguir um estádio com um 'dedinho' do ex-presidente Lula, sendo que mesmo cobrando valores altos dos ingressos para as partidas de futebol em sua arena, ainda não conseguiu receber de volta o que foi investido na construção do estádio em Itaquera.

O polêmico Sanchez viaja na terça-feira para o Paraguai junto com o presidente do Corinthians, Roberto Andrade, onde vão se reunir com a Conmebol para discutir os valores pagos e negociar aumento de valores.

Publicidade

Segundo o petista, o antigo presidente do clube, Mário Gobbi,, havia 'amarelado' quando devia ser mais rígido para cobrar reajustes de premiações junto à Conmebol, mas que esse tipo de comportamento não vai se repetir com o novo presidente.

Sendo assim, é provável que antes do natal os corinthianos tenham motivos para comemorar ou para estressar-se ao saber que o clube entra para o 'time' do 'Tigre' que se recusa à entrar em campo se suas exigências não forem atendidas.

E você, o que acha disso tudo? Acha justo o clube não ir para a competição por conta de dinheiro e deixar todos os torcedores na mão? Deixe a sua opinião nos comentários abaixo. #Resenha Esportiva #Copa Libertadores 2016