Mesmo tendo apenas empatado com o Avaí, o #Corinthians completou a temporada 2015 com o melhor aproveitamento caseiro de um time na história do Brasileirão desde que o sistema de pontos corridos foi implantado. Ganhou 87,72% dos pontos que disputou quando teve o mando de campo. Foram 16 vitórias, dois empates e uma derrota.

Superou até mesmo o Atlético-MG de 2012 (82,46%), time que com aquela campanha criou o slogan 'caiu no Horto, tá morto'. Terminou invicto em casa na temporada (14 vitórias, cinco empates), mas com aproveitamento abaixo do Corinthians campeão de 2015, ano que teve o fator campo como elemento decisivo em mais da metade das partidas.

Publicidade
Publicidade

Dos 380 jogos da competição, 52,2% terminaram com a vitória dos donos da casa. É o mais alto índice de sucesso dos mandantes desde o Brasileirão de 2008. E acima da média histórica. Levando-se em consideração todas as 5336 partidas do torneio entre 2003 e 2015, o time da coluna um leva os três pontos na classificação em 50,9% dos duelos.

A temporada 2008 foi a que teve mais vitórias dos times mandantes (54,7%). O Brasileirão de 2015 entra para a história como o quarto com mais vitórias dos donos da casa. Neste ano, os visitantes ganharam 23,3% dos jogos. A média histórica dos times da coluna dois no Brasileirão de pontos corridos é de 23,7%. Os empates foram 24,6%, contra índice médio histórico de 25,4%.

O recorde que o Corinthians não conseguiu quebrar foi de outro mineiro. O Cruzeiro continua como o time de maior aproveitamento na história do Brasileirão.

Publicidade

A equipe somou 72,46% dos pontos disputados no Brasileirão de 2003, quando o torneio foi disputado pela primeira vez no sistema de pontos corridos.

O Timão esteve muito próximo de superar essa marca. Precisava apenas de uma vitória nas duas últimas rodadas da temporada 2015. Porém, na jornada 37 foi batido pelo Sport em Pernambuco e, na rodada final empatou com o Avaí. Apesar da queda de rendimento no final, o meia Renato Augusto foi contemplado com o prêmio de Bola de Ouro da revista Placar e da emissora de TV ESPN como melhor jogador da competição. #Atlético Mineiro #Campeonato Brasileiro