Enfim o #Palmeiras foi Campeão! Depois de contratar 25 jogadores e remodelar totalmente a estrutura interna, os resultados chegaram. Após ser vice-campeão Paulista, o Verdão levantou o caneco da Copa do Brasil com todo louvor. 

Paulo Nobre, presidente do clube, não é adepto a trocas de técnico. Mas foi obrigado a demitir Oswaldo de Oliveira após sequência de resultados ruins. Quis o destino que o melhor técnico do Brasil e bicampeão Brasileiro estivesse livre no mercado. Foi aí, então, que o verdadeiro ano palmeirense começou.

Mesmo com alguns resultados ruins, Marcelo teve todo respaldo da diretoria. Ao abrir mão definitivamente do G4, o Palmeiras tinha a necessidade de conseguir a vaga na Libertadores de uma outra forma.

Publicidade
Publicidade

Em dois jogos eletrizantes contra o Santos, o Alviverde conquistou sua terceira #Copa do Brasil na história. 

Possíveis reforços

O principal alvo do Palmeiras é o meia Nenê, do Vasco. Depois de ser rebaixado, o jogador deve chegar em São Paulo para assinar com o Alviverde ainda em 2015. A proposta já estava nas mãos dos empresários, que preferiram esperar a definição do clube carioca no Nacional. Os vascaínos conquistaram o terceiro rebaixamento em sua história e devem sofrer um verdadeiro desmanche no elenco. 

Alexandre Mattos, executivo de #Futebol, estuda mais alguns nomes. A Crefisa, patrocinadora máster, já confirmou que deseja trazer três bons reforços para a disputa da Libertadores em 2016. Um zagueiro, um meia, um volante e um atacante estão na pauta.

Dispensas

Com elenco muito grande, o clube vai precisar fazer dispensas.

Publicidade

Victor Ramos, por exemplo, vai retornar para o Monterrey, do México. Alecsandro recebeu propostas de Fluminense e Coritiba. Além disso já recebeu o aval de Marcelo Oliveira para sair.

Outro que estuda proposta para deixar o Palmeiras é Cristaldo. Identificado com a torcida do Verdão, o "Churry" recebeu convite do River Plate. Antes mesmo de saber disso, Cristaldo anunciou que gostaria de defender o River no futuro. Segundo ele, grande parte de sua família é formada por torcedores do time argentino. 

Por enquanto, nada certo.