O ano de 2016 promete para o #Palmeiras. 2015 foi um ano extremamente positivo, principalmente por conta do título da Copa do Brasil. Levantar a taça dentro do Allianz Parque agradou a torcida e, sobretudo, todos os parceiros do Verdão. 

A Crefisa, que investiu pesado no clube, está feliz. A empresa arcou com os custos de Lucas Barrios e paga seus salários integralmente. O retorno para o branding após a conquista foi impressionante.

Meses atrás, Leila Pereira, dona da empresa junto com seu marido, fez duras críticas ao presidente Paulo Nobre na imprensa. Em certo ponto da entrevista, Leila até ofendeu as cores alviverdes, ao relatar que poderia fechar com o Flamengo por ter mais visibilidade que o clube paulista.

Publicidade
Publicidade

A declaração veio logo após o Palmeiras aprovar a confecção de uma camisa retrô recordando os tempos áureos da Parmalat. Na vestimenta, o logo da empresa de laticínios iria ser estampado. Nobre vetou a fabricação e o lançamento do modelo após o 'imbróglio'. 

Logo depois do título, representantes do clube conversaram com a diretoria da Crefisa. Ficou acertado que pelo menos quatro reforços "de nome" seriam colocados à disposição de Marcelo Oliveira. O objetivo ficou claro: conquistar o bicampeonato da Copa Libertadores em 2016

Nesta segunda-feira, 14, foi inaugurado na sede da Faculdade das Américas - empresa pertencente ao 'pool' Crefisa - um espaço para exibição da taça conquistada contra o Santos, no último dia 2. Marcos, César Sampaio e Evair estiveram presentes, além da bateria da escola de samba Mancha Verde.

Publicidade

Leila Pereira aproveitou o ensejo para se aproximar de torcedores e conversou com alguns deles. A empresária reforçou a ideia e o objetivo de levar o caneco continental

E os reforços?

Por enquanto, não existem nomes disponíveis. A Crefisa está conversando com Nobre para acertar alguns detalhes. Nenê, do Vasco deve assinar na próxima semana. No entanto, o ex-meia do time carioca será bancado com recursos financeiros do clube e não da empresa. 

Jean, volante do Fluminense, é outro que deve chegar com aporte do próprio Alviverde.  #Negócios #Futebol