O #Palmeiras está ativamente no mercado da bola realizando contratações. Por enquanto já foram mais três negócios confirmados: Vagner, Roger Carvalho e Rodrigo. Vagner era goleiro do Avaí e chega para ser reserva de Prass. Roger Carvalho foi um dos grandes destaques do Botafogo-RJ na conquista do título da Série B e Rodrigo era volante do Goiás. 

Com o final da temporada, diversos atletas que estavam emprestados estão de volta. Maikon Leite é um deles e não deve permanecer. O atacante defendeu o Sport-PE em 2015 e também não deve ficar na equipe pernambucana. 

Maikon não conseguiu ter sequência no Palmeiras desde que foi contratado.

Publicidade
Publicidade

Já passou por equipes como Náutico e Atlas (MEX). O técnico Marcelo Oliveira, que organiza a equipe para os campeonatos da próxima temporada, já revelou que não deseja contar com os serviços do jogador. 

Maikon Leite se apresenta no dia 06 de janeiro junto com o grupo, mas deve treinar separado até conseguir algum contrato. O vínculo com o Palmeiras finda dia 23 de junho.

Moisés entra na mira

Outro meio-campista entrou na mira do Palmeiras. Moisés, do HNK Rijeka, da Croácia, negocia com o Verdão. Moisés já defendeu a Portuguesa e ajudou os lusitanos na campanha do acesso para a divisão principal do Campeonato Paulista, em 2013. O atleta já defendeu o América-MG e estava sob olhares de Alexandre Mattos, executivo de #Futebol do Alviverde atualmente. 

Em um passado recente, o Atlético-PR tentou concretizar o negócio com Moisés.

Publicidade

O time croata pediu R$ 4,3 milhões por 50% do passe. Os paranaenses ofereceram 500 mil euros pela totalidade e a proposta foi negada. 

O empresário de Moisés já confirmou a procura, assim como diretores do Palmeiras em off. Por enquanto, a negociação está no começo. Com boa situação financeira, o Verdão não deve ter problemas para fechar o negócio. 

Jackson fica?

O zagueiro Jackson, que atualmente defende o Palmeiras mas tem passe preso ao Internacional, ainda não sabe se fica. Depois de revelar vontade de permanecer no clube paulista, o time gaúcho "trincou" o Alviverde na parede para fechar efetivamente um novo contrato. Na primeira proposta, o Palmeiras mandou valor inferior ao pedido pelo Inter e a proposta também foi negada. #Sport Club Internacional