A missão não era das mais simples. Além de necessitar obrigatoriamente da vitória contra o Coritiba fora de casa, o #Vasco ainda precisava de outros resultados paralelos para permanecer na elite do #Futebol brasileiro. Com o empate em 0x0 no Couto Pereira, o cruz-maltino não se salvou e volta à segunda divisão dois anos depois da última queda, em 2013.

Não demorou muito para que as provocações tomassem conta da internet. Pelo Twitter e pelo Facebook, o próprio perfil oficial do Flamengo fez questão de "tocar uma flauta" no rival de São Januário. Em uma polêmica imagem com um fundo de neve, a montagem apresenta a seguinte frase: "Um excelente domingo aos rubro-negros em todo o mundo.

Publicidade
Publicidade

Menos na Sibéria. Afinal, lá já é segunda".

A provocação é uma clara brincadeira com o presidente do Vasco, Eurico Miranda, que deixou os vestiários do Couto Pereira com cara de poucos amigos e sem falar com a imprensa. Em determinado momento da temporada, quando perguntado sobre a possibilidade do time voltar a cair para a segunda divisão - algo que se confirmou nesse domingo -, o polêmico dirigente disparou:"Eu já falei não sei quantas vezes que aqui no Vasco a palavra "rebaixamento" é proibida. Se um dia eu achar que o Vasco vai realmente cair, vou procurar o ponto mais distante possível da Sibéria e vou me mudar para lá", disse.

Avaí, Goiás e Joinville também caem

As outras duas vagas em aberto na zona de rebaixamento no início da última rodada foram ocupadas por Avaí e Goiás.

Publicidade

As duas equipes fazem companhia ao Vasco e ao Joinville como as quatro rebaixadas na edição de 2015 do Campeonato Brasileiro.

Em São Paulo, o Avaí ficou no empate em 1x1 contra o campeão Corinthians, e acabou sendo prejudicado pela vitória do rival Figueirense por 1x0 sobre o Fluminense, que tirou o clube do Orlando Scarpelli da possibilidade da queda. Já o Goiás perdeu por 1x0 para o São Paulo, no Serra Dourada. O resultado ainda colocou o time paulista na próxima Libertadores da América, deixando o Internacional de fora. #Flamengo