Este ano foi difícil para o #Cruzeiro, principalmente o Campeonato Brasileiro, onde esteve muito próximo da zona de rebaixamento. Mas desde que Mano Menezes chegou ao clube para substituir Vanderlei Luxemburgo o time passou a viver uma nova realidade e cresceu muito na tabela.

Os torcedores já estavam até planejando um ou mais títulos para 2016, mas infelizmente o técnico deixará o comando do time e a Raposa terá que encontrar um novo treinador para o ano que vem.

Mano recebeu uma proposta irrecusável do Shandong Luneng, time da China. Nesta terça-feira (01), o treinador avisou que iria precisar pelo menos de 24 horas para conversar principalmente com sua família e pensar sobre seu futuro.

Publicidade
Publicidade

Só que, com a proposta financeira feita pelo time chinês, nem há muito o que pensar; é uma oportunidade realmente irrecusável.

Nesta quarta-feira (02) foi confirmada a ida do treinador para o time que atualmente é treinado por Cuca, que deixa o posto nos próximos dias e volta para o Brasil, podendo atuar como técnico do Atlético, o grande rival do time celeste.

Até bem poucos dias atrás a saída de Mano Menezes do Cruzeiro era vista apenas como uma especulação, afinal o time mineiro reconquistou a confiança, vinha crescendo no campeonato, se encontrou dentro de campo e o técnico tinha um ano novo de muito trabalho e conquistas frente ao clube.

Mas a proposta financeira feita pelos chineses pesou demais e Mano não teve como recusar, afinal será uma excelente oportunidade não só para ele adquirir novas experiências, mas também para embolsar uma boa quantia.

Publicidade

Um dos problemas que impediria a saída do treinador da Raposa era a multa, no valor de R$ 7 milhões, mas isto deixou de ser empecilho a partir do momento que o Shandong confirmou que pagaria a multa também.

O Cruzeiro agora segue sem treinador e o auxiliar Deivid poderá ser uma opção, mas não nada definido ainda.

Vale lembrar que desde a saída de Luxemburgo do time, o Cruzeiro só perdeu uma partida. Com certeza a torcida não ficou nem um pouco satisfeita com a saída de Mano. #Futebol #Futebol Internacional