A situação realmente não era das mais fáceis. Além de vencer o seu jogo contra o Cruzeiro, no Beira-Rio, o Inter necessitava que o Goiás vencesse o São Paulo jogando em Goiânia. Quanto à primeira parte, tudo certo. Já a segunda... Com um gol de Rogério nos acréscimos, o time paulista venceu e rebaixou o Goiás, e tornou inútil a vitória colorada por 2x0 sobre o Cruzeiro, com dois gols de Vitinho.

Jogando no ataque e envolvendo o Cruzeiro desde o início do primeiro tempo, o Inter não demorou a marcar o seu gol. Ainda no primeiro tempo, Vitinho pegou de primeira um cruzamento que veio da esquerda e abriu contagem para os donos da casa.

Publicidade
Publicidade

No segundo tempo, de novo ele: Vitinho recebeu passe açucarado do argentino Lisandro López e estabeleceu números finais para a partida.

O meia Alex, capitão do time gaúcho na partida de domingo, comentou a desclassificação ao final da partida. Segundo ele, mesmo sem conquistar o grande objetivo, a equipe termina o ano de forma positiva.

"Acho que valeu por tudo o que aconteceu no início, com uma arrancada ruim que tivemos. O Argel chegou, evoluímos e estamos terminando a temporada de uma maneira crescente, com uma boa energia para iniciar o ano que vem. Vamos focar nas conquistas nacionais em 2016, que faz tempo que o Inter não consegue", destacou o meia.

Em 5° lugar, o Inter garantiu a vaga direta nas oitavas de final da próxima Copa do Brasil. Dessa forma, o clube se livrou de ter que jogar as três fases iniciais do torneio, que muitas vezes obrigam a viagens longas e gramados ruins pelo país.  #Futebol #Sport Club Internacional #Campeonato Brasileiro