Ninguém podia imaginar que há 20 anos um jovem de Rosário, na Argentina, aterrissaria em Barcelona para mudar o rumo da história do #Futebol. #Lionel Messi se tornou um dos jogadores mais importantes e determinantes dos últimos tempos.

Segundo entrevista no jornal Marca, Ronaldinho Gaúcho deixa claro a importância de Messi para a equipe catalã e no panorama futebolístico mundial: “É o melhor do mundo, não há nada mais para falar”.

“Messi consegue marcar, criar espaços, fazer a diferença em todas as partidas e faz isso há dez anos, sem parar, com uma regularidade impressionante”, afirma Xavi Hernandez, ex-companheiro de time.

Publicidade
Publicidade

Diante do Betis na 17° rodada do campeonato espanhol, Lionel Messi tem marcado sua partida número 500 com a camiseta do Barcelona.

O camisa 10 do Barça registra mais de 420 gols e 190 assistências com a camisa azulgrana. Em ambos o argentino é o jogador número um na história do clube catalão. Seus melhores números foram na campanha de 2011-2012, quando marcou 50 gols no campeonato espanhol. O certo é que com o passar dos anos Messi continua crescendo como jogador, e parece que uma vez mais irá ganhar sua quinta Bola de Ouro.

Com 500 jogos, Messi é o sexto jogador com mais partidas na esquadra culé. Só tem menos partidas que Xavi Hernandez (767), Carles Puyol (593), Andrés Iniesta (567), Migueli (549) e Victor Valdés (535).

Messi começou sua formação no Barcelona no infantil B. Depois foi para o time C na terceira divisão, e no B, na Segunda Divisão.

Publicidade

Messi estreou oficialmente na primeira divisão no dia 16 de outubro de 2004, na vitória de 1 a 0 do Barcelona sobre o Espanyol. Ele substituiu o jogador Deco aos 82 minutos do jogo.

Marcou seu primeiro gol apenas na sua 15° partida, na vitória de 2 a 0 do Barcelona sobre o Albacete, no dia 1° de maio de 2005. Após o passe açucarado de Ronaldinho Gaúcho, Messi definiu por cima do goleiro Valbuena.

O atacante registra 26 título no Barcelona, incluindo três Mundiais de Clube, quatro Ligas dos Campeões, três Supercopas da Europa, sete Campeonatos Espanhóis, três Copas do Rei e seis Supercopas da Espanha. #Futebol Internacional