A dupla Messi e #Neymar corre contra o tempo para estar presente na final do Mundial de Clubes. Enquanto o brasileiro se recupera de uma lesão na coxa esquerda, o argentino se trata de uma cólica renal. Tudo indica que o tridente MSN estará na partida de domingo (20) contra o River Plate.

Após a vitória do Barcelona sobre o Guangzhou por 3 a 0, na semifinal, Messi voltou a não treinar com o grupo. O camisa 10 teve que ficar no hotel se recuperando das dores renais. Porém, após submeter-se a exames feitos no centro hospitalar de Yokohama, os médicos não descartaram a ausência do jogador na final.

Porém, antes de tudo tem que ver como o jogador está se recuperando.

Publicidade
Publicidade

Também deve-se comprovar que não existe qualquer resquício no canal urinário. A questão principal é que o argentino descanse o máximo possível e possa ter uma boa noite de sono e no sábado volte a se exercitar se tudo for bem.

Messi deixou uma mensagem no Facebook após a partida contra o time chinês. Parabenizou os companheiros de time pela vitória e afirmou: “espero estar 100% para poder ajudar na final. Grande trabalho de equipe. Estamos na Final! Me dói muito perder qualquer partida.

Assim como o Pulga, Neymar não jogou a semifinal, porém o camisa 11 do Barcelona voltou a tocar na bola e realizar exercícios de corrida e mudança de direção nesta sexta-feira (18), e aparentemente aponta como titular ante o River Plate neste domingo em sua segunda final do Mundial de Clubes, a primeira como futebolista do Barcelona.

Publicidade

Na disputa do Mundial de 2011, quando ainda jogava pelo Santos, acabou não levando a taça da competição frente ao Barcelona. Esse domingo, Neymar tem mais uma chance de conquistar um dos poucos títulos que ainda falta ganhar.

Agora resta ao brasileiro esperar pelo treinador, Luis Henrique, confirmar se será titular ou se permanecerá no banco de reserva. Em todo caso, Neymar está seguro que jogará a partida, junto com a equipe, graças a um aparelho “GameReady”, usado também por Messi, para acelerar a recuperação da lesão fibrilar na coxa esquerda. #Futebol #Futebol Internacional