A diretoria da Sociedade Esportiva Palmeiras disse não a uma proposta de aproximadamente R$ 32,43 milhões o que gira em torno de 7,5 milhões de Euros, feita pelo time turco o Fenerbahçe para levar o meio campo Dudu.

O time turco estava disposto a desembolsar essa quantia milionária para levar para a Europa um dos destaques da conquista da Copa do Brasil, o meio campista Dudu que além de destaque em toda a Copa do Brasil foi o autor dos dois gols feitos pelo #Palmeiras na final disputa e vencida nos pênaltis contra o Santos.

A política da diretoria do Verdão é não vender e sim contratar para a disputa do torneio mais importante do continente, a Taça Libertadores da América a qual o time paulista se credenciou juntamente com outros quatro times brasileiros sendo eles: Corinthians, Atlético Mineiro, Grêmio e São Paulo.

Publicidade
Publicidade

E a diretoria não está apenas na promessa de trazer reforços, ela está cumprindo, pois até agora o Alvi Verde já contratou seis novos jogadores para compor o seu vitorioso elenco sendo eles: os zagueiros Edu Dracena e Roger Carvalho, os meias Régis e Moisés, o volante Rodrigo e o atacante Erik.

A expectativa é que sejam divulgados mais nomes nos próximos dias, o que deixa a torcida ainda mais entusiasmada para a conquista do Bi campeonato da Libertadores, já que o Palmeiras já se sagrou campeão da Libertadores no ano de 1999.

Mas a tarefa de ser campeão novamente não será nada fácil, pois essa semana foi divulgado o grupo do Palmeiras na Libertadores, um grupo equilibrado com times de tradição como no caso do Nacional do Uruguai que já venceu a competição três vezes e do Rosário Central da Argentina que também é um time tradicional e muito competitivo.

Publicidade

O último integrante do grupo ainda será conhecido e sairá do vencedor do jogo entre River Plate do Uruguai e Universidad de Chile.

Agora é aguardar e ver quais os nomes serão divulgados pela diretoria, a promessa é que agora sejam contratados jogadores experientes e que preferencialmente tenham vivência em disputa de torneios internacionais como no caso da Libertadores.  #Futebol #Copa Libertadores 2016