Ciente do péssimo final de temporada e da necessidade de se reforçar visando 2016, a diretoria do #Flamengo atua com força nos bastidores para já engatilhar os primeiros nomes para a próxima temporada. No comando técnico, ainda há alguma indefinição, embora Muricy Ramalho deva ser anunciado na semana que vem.

No grupo de jogadores, a certeza é de que muita coisa mudará, sobretudo pela insatisfação dos cartolas rubro-negros com o desfecho da equipe no Brasileirão. De um dos postulantes à classificação para a Libertadores na virada entre os turnos, o time decaiu a ponto de se afundar no meio da tabela, onde se encontra até a última rodada.

Publicidade
Publicidade

Abaixo, listamos quatro nomes que poderão aparecer no Flamengo no ano que vem.

Juan - Criado na base flamenguista, o zagueiro Juan, aos 36 anos, está apalavrado com o clube para a próxima temporada e deverá mesmo ser reforço para o setor defensivo do time. Ele tem contrato se encerrando com o Inter em dezembro e em nenhum momento foi procurado para renovar. 

Rodinei - Um dos destaques da bela campanha da Ponte Preta no atual Brasileirão, o lateral-direito Rodinei entrou com força na pauta do Flamengo nos últimos dias e tem situação "bem encaminhada". Recentemente, noticiou-se o interesse do Grêmio no jogador, mas a proposta do clube e a oportunidade de jogar no Flamengo pesaram.

Willian Arão - O volante trava atualmente uma disputa judicial com o Botafogo, seu atual clube, por questões referentes ao contrato.

Publicidade

No entanto, já tem acerto verbal com o Flamengo, que apenas aguarda a decisão da justiça para poder, enfim, anunciar o jogador - destaque no título do Botafogo na Série B.

Chiquinho - Foi o último nome a ganhar força e evidência como provável reforço para o Flamengo em 2016. O meia-lateral-esquerdo tem contrato somente até dezembro com o Santos e não deverá prolongar o vínculo, já que não é titular da equipe e recebeu poucas chances na temporada. Além disso, o jogador viria para ocupar a lacuna deixada pelo colombiano Armero, que não permanecerá no clube. #Negócios #Futebol