O Inter bem que tentou, mas quem ficou mesmo com a quarta vaga à Libertadores da América foi o São Paulo. Na rodada de despedida do Brasileirão de 2015, o time paulista fez 1x0 no Goiás, fora de casa, e garantiu sua presença na maior competição continental de clubes da América no ano que vem. Com 62 pontos, o tricolor superou o Inter, que ficou em 5° com 60, mesmo com a vitória por 2x0 sobre o Cruzeiro, no Beira-Rio.

No entanto, mais uma vez, o São Paulo deixou a desejar e não fez uma grande partida. Com a vantagem de poder empatar para mesmo assim garantir o quarto lugar, o time pareceu satisfeito com o 0x0 em grande parte do jogo, e chegou a sofrer alguns riscos na segunda etapa da partida.

Publicidade
Publicidade

Fred, de falta, e Erik, em jogada rápida pelo flanco esquerdo, foram as ameaças goianas ao gol de Dênis, substituto de Rogério Ceni.

Como o Inter vencia o Cruzeiro por 2x0 ao mesmo tempo, já que toda a rodada teve início às 17h, um único gol do Goiás classificaria o time gaúcho à Libertadores. Porém, quem marcou foi o São Paulo, já nos acréscimos da segunda etapa, em um lindo chute cruzado do atacante Rogério, que saiu do banco de reservas para definir a vitória tricolor. 

Com os demais resultados da rodada, o G4 do campeonato ficou dessa forma: Corinthians, Atlético-MG, Grêmio e São Paulo. Junto com o Palmeiras, que venceu a Copa do Brasil sobre o Santos, esses serão os cinco representantes brasileiros na próxima edição da Libertadores, que tem como atual campeão o River Plate, da Argentina.

Publicidade

Na parte do "desespero" da tabela, a rodada também teve importante definições. O Vasco, que demonstrou enorme crescimento sob comando de Jorginho, não conseguiu executar o milagre e acabou caindo para a Série B ao empatar em 0x0 com o Coritiba, que se livrou. Ao lado do Vasco, as equipes do Avaí, Goiás e Joinville também disputarão a divisão inferior em 2016.

Frustração colorada

A boa atuação e a vitória por 2x0 sobre o Cruzeiro, no Beira-Rio, não foram suficientes para que o Internacional alcançasse o seu objetivo de igualar o rival e junto com o Grêmio marcar presença na próxima Libertadores. Para que isso acontecesse, além da própria vitória, o Inter necessitava de um triunfo do Goiás sobre o São Paulo, que não ocorreu.

No final da partida, o zagueiro colorado Paulão resumiu o sentimento do grupo de jogadores após o término da competição. "É complicado. Esperávamos o nosso resultado aqui e um tropeço do São Paulo lá. Não deu. É como dizem: nadamos, nadamos, nadamos e morremos na praia.

Publicidade

Mas isso faz parte do #Futebol", salientou o jogador, antes de classificar o ano colorado como "bom".

Se serve de alento, ao menos o Inter não precisará disputar as três fases iniciais da Copa do Brasil em 2016. Como 5° do Brasileirão, o time entra automaticamente na fase de oitavas de final do torneio ao lado dos cinco brasileiros participantes da Libertadores. Além disso, o colorado fechou o returno tendo a segunda melhor colocação, com 35 pontos, atrás apenas do campeão Corinthians, líder também neste quesito, com 41. #Sport Club Internacional #Campeonato Brasileiro