Até o momento, a única contratação realizada pela equipe de São Januário é o lateral-direito Yago Pikachu, que foi destaque pela equipe do Paysandu na série B do brasileirão desse ano. Fora isso, o clube luta para manter o seu melhor atleta, o meia Nenê, que já foi assediado por algumas equipes do #Futebol brasileiro e estrangeiro. Mantê-lo, de acordo com a diretoria, seria a melhor contratação desse fim de ano.

O clube investiu bastante nesse ano de 2015, contratou 30 jogadores, mas isso não conseguiu livrar a equipe do rebaixamento. De acordo com o Globo Esporte, o #Vasco não irá investir muito dinheiro em contratações para esse ano que entra.

Publicidade
Publicidade

Na oportunidade, irá dar mais valor aos seus atletas da base os observando já na Copa São Paulo de Futebol Júnior que se inicia em Janeiro de 2016.

“Investir na base, é esse o nosso objetivo. O clube gastou muito esse ano e não teve os resultados esperados, portanto não podemos errar duas vezes. Temos algumas estrelas já surgindo da base e queremos esses atletas na equipe profissional, como são os casos do goleiro Gabriel Félix, dos meias Mateus “Pet” e Matheus Índio e do zagueiro Kadu Fernandes, esses atletas já estão confirmados para atuarem na equipe principal. Disse Isaías Tinoco, gerente de futebol.

O clube conta ainda com algumas outras revelações, como é o caso dos jovens Andrey e Evander que vêm se destacando na equipe de base, e têm grandes chances de subirem para o profissional após da Copinha.

Publicidade

“Estamos dando todo o suporte para que Jorginho observe detalhadamente os atletas da base, queremos que ele veja o que é melhor para enriquecer o elenco do clube. Vamos continuar observando os garotos da base para que possamos descobrir mais jogadores e trazê-los para o profissional, para esse fim de ano e o primeiro semestre do ano que entra, não há muita possibilidade de contratar mais jogadores que estejam disputando série A ou jogadores de fora do país. Como dissemos, manter Nenê é a principal contratação da equipe." Revelou Isaías. #Resenha Esportiva