Não se trata de garantia de vitória, mas, inegavelmente, o brasileiro Thomaz Bellucci contou com a sorte na disposição da chave masculina para o Australian Open 2016. Na primeira rodada, ele terá pela frente o jovem australiano Jordam Thompson, 21 anos, que participará do torneio em função de um convite que recebeu da organização.

Thompson tem apenas duas participações em torneios Grand Slam, justamente no Aberto da Austrália. Ele é apenas o 149° do mundo, enquanto o paulista Thomaz Bellucci é o 37° e melhor tenista brasileiro. Se vencer o tenista local, o brasileiro aguardará entre o vencedor da partida que colocará frente a frente o norte-americano Steve Johnson e o britânico Aljaz Bedene.

Publicidade
Publicidade

Bellucci jamais passou da segunda rodada do torneio australiano.

Mas o fato é que a maré de azar nos sorteios não acompanhou Bellucci nesse princípio de 2016. No ano passado, o tenista brasileiro sofreu com o sorteio das chaves para os principais torneios, tendo enfrentado tenistas renomados em todos os Grand Slams. Na Austrália, perdeu na primeira rodada para o espanhol David Ferrer. Em Roland Garros, caiu na segunda para o japonês Kei Nishikori. Rafael Nadal e Andy Murray eliminaram o brasileiro, respectivamente, em Wimbledon e no US Open.

Chave feminina

O Brasil também estará representado na chave feminina de simples do Australian Open. A pernambucana Teliana Pereira fará sua terceira aparição no quadro principal do Grand Slam que inaugura as temporadas do #Tênis. Neste ano, ela encara na primeira rodada a romena Monica Niculescu, 38ª do mundo.

Publicidade

A brasileira é a 46ª. #Entretenimento