Uma verdadeira bomba explodiu no maior evento de artes marciais mistas do mundo, o UFC. O campeão peso pesado do UFC, Fabrício Werdum, disse que está fora do UFC 196 contra Stipe Miocic, causando um verdadeiro caos na cabeça do presidente da organização Dana White. O brasileiro alegou que está sentindo fortes dores nas costas devido a um estiramento sofrido na preparação para a luta e não está 100% para enfrentar Stipe Miocic em luta que vale o título dos pesos pesados. O combate seria disputado no próximo dia 06 de fevereiro, no UFC 196 em Las Vegas.

Além da dor nas costas, Werdum alegou que também está sentindo uma lesão no pé direito e disse que tomou a decisão de desistir da luta em conjunto com seu treinador Rafael Cordeiro, que também é líder da academia Kings MMA.

Publicidade
Publicidade

Mas o que realmente “pegou mal” para o brasileiro foi a declaração que se Velásquez não tivesse se lesionado e desistido da luta, ele estaria pronto para lutar mesmo com as lesões que alegou ter. “Se fosse contra Velásquez eu lutaria no UFC 196, pois temos uma história, lutaria mesmo lesionado”.

Em áudio divulgado na imprensa, o lutador afirmou que está num patamar muito alto de sua carreira e que não vale a pena colocar em xeque toda uma história de sofrimento, suor e lágrimas. “Demorei anos para ser campeão do UFC. Agora não é mais momento de arriscar. Só voltarei a lutar quando sentir que estou 100%, sem lesões e bem preparado”.

Agora, Dana White não tem lutadores disponíveis para suprir a luta principal do evento do dia 06 de fevereiro. A solução seria então colocar o “co-maining event” da noite entre Johnny Hendricks e Stephen Tompson como luta principal, deixando o card com uma luta a menos.

Publicidade

O atual desafiante, o croata Stipe Miocic fez questão de criticar Werdum e disse que o UFC teria que tomar uma atitude drástica e punir o brasileiro severamente. "O cinturão de Werdum deveria ser tomado como punição por tamanha irresponsabilidade e falta de comprometimento com os organizadores do UFC e com os fãs de MMA espalhados por todo o mundo". #Entretenimento #EUA