Sem clube desde que deixou o Guangzhou Evergrande, da China, o atacante Robinho virou alvo de dois grandes clubes do #Futebol brasileiro. O #Santos, sua eterna casa, tenta repatriá-lo pela terceira vez. O Peixe já encaminhou uma proposta oficial aos representantes do jogador e aguarda uma resposta. O outro time interessado é o #Grêmio, que gostaria de ter o ex-atacante de Milan, Real Madrid e Seleção Brasileira para a disputa da Libertadores.

Em busca de um atacante desde o final do ano passado, o tricolor gaúcho vê em Robinho a esperança de resolver os problemas no setor ofensivo. Mesmo aos 32 anos, o atacante tem muito a contribuir com o Grêmio.

Publicidade
Publicidade

Abaixo, listamos cinco lacunas que ele poderá preencher no time de Roger Machado.

Liderança

O Grêmio ainda sente falta de um grande líder e de uma voz de maior força no vestiário. Contratado no ano passado, o volante Maicon virou capitão mesmo com pouco tempo de clube. Com vasta experiência no futebol europeu e duas Copas do Mundo pelo Brasil, Robinho traria todo o seu peso como jogador em prol do Grêmio.

Protagonismo

Em um time acertado e entrosado a partir do bom trabalho de Roger Machado, fica faltando apenas a chamada cereja no bolo. No caso, um atacante decisivo e acostumado a fazer gols importantes. Robinho nunca foi campeão da Libertadores e isso pode ser um combustível ainda maior em uma eventual vinda à Porto Alegre.

Atenção da mídia

De mansinho e sem fazer alarde, o Grêmio foi chamando a atenção de todos durante a excelente campanha no Brasileirão do ano passado, que culminou em um justíssimo terceiro lugar.

Publicidade

Com um jogador do porte de Robinho integrado ao elenco, fatalmente o tricolor chamaria ainda mais para si importantes holofotes da mídia especializada sobretudo do eixo Rio-São Paulo.

Projeção internacional

Por onde quer que vá ou esteja, Robinho desperta a atenção e a curiosidade do público em decorrência de toda a sua fama alcançada no mundo do futebol. Grêmio, Robinho e Libertadores seria uma ótima combinação em termos de projeção do clube, não somente no cenário nacional, como também em uma perspectiva mais ampla.

Lucro

Embora não se trate de uma negociação barata, o Grêmio poderia recompensar financeiramente todo o seu esforço em trazer Robinho por meio de publicidade e venda de camisetas do seu novo reforço. É o tipo do jogador que se "paga". Caso avance na negociação, o tricolor terá um ótimo "produto" em mãos, mas terá que saber usá-lo corretamente, tanto em campo como fora.