O mercado da bola segue agitado e o Corinthians, campeão brasileiro, busca agora experiência para se reestruturar após o desmanche do time que faturou a principal competição nacional do ano passado. O custo foi caro e para contar com o 'experiente' volante Willians do Cruzeiro, a equipe paulista vai liberar sua joia e titular de apenas 20 anos, Marciel.

Ambos os jogadores envolvido na troca entre Cruzeiro e Corinthians são volantes e a notícia com a concretização da negociação foi divulgada no fim da noite de 19 de janeiro. Acerto feito, segundo a equipe do Cruzeiro restam apenas os exames médicos para que cada clube assine com seus novos jogadores.

Publicidade
Publicidade

O troca-troca entre as equipes tem algumas coincidências, o contrato firmado entre Cruzeiro e Corinthians prevê ao fim do empréstimo bilateral, que ambos possam adquirir os direitos econômicos de cada jogador ao fim do período de vigência do contrato (1 ano).

Willians chega na concepção do técnico do Corinthians, ele é o substituto ideal para Ralf, campeão brasileiro pela equipe paulista e que foi recentemente negociado para o futebol chinês. Antes da chegada de Willians, a única opção para a posição era do volante Bruno Henrique, que estava sobrecarregado sendo o único defensor no meio campo.

Já pelo lado do Cruzeiro, se apresentará o jogador Marciel, que atuou seis vezes na equipe paulista e fazia parte de suas categorias de base. O Corinthians acredita que a liberação será a oportunidade ideal para que o atleta acumule experiência em outra grande equipe nacional.

Publicidade

O Corinthians chegou a constatação de que dificilmente Marciel teria chances no profissional, pois teria que brigar pela posição com o experiente e favorito Elias. Já a saída de Willians do Cruzeiro foi bem recebida pela torcida, apesar do jogador ser destaque na marcação, o técnico cruzeirense considera a presença do jogador como má influência na equipe.

Resta saber qual foi a melhor aposta. Só o início das competições dirá. E você o que acha? Quem levou a melhor nessa transação: Corinthians ou Cruzeiro? #Resenha Esportiva