O tão esperado retorno de Ronda Rousey aos octógonos pode não acontecer conforme todos os fãs do UFC esperavam. A expectativa era que a ex-campeã peso galo voltasse a lutar na edição do UFC número 200 que irá acontecer no dia 2 de julho mas isso não irá mais acontecer, segundo declarou Dana White.

O próprio presidente da organização, Dana White afirmou numa entrevista dada ao site americano Yahoo Sports. Os motivos para o adiamento do retorno da lutadora são as suas atividades paralelas a carreira de lutadora.

Ronda Rousey está gravando dois filmes. "Mile 22" e "Matador de Aluguel", um remake que foi sucesso nos anos 80 que tinha como ator principal o falecido Patrick Swayze.

Publicidade
Publicidade

E essas gravações estão tomando muito tempo da atleta que ao que parece não está conseguindo conciliar as duas atividades.

Dana White também declarou que não está feliz com a carreira paralela da lutadora, pois fez a seguinte declaração:

“Ela pode lutar e filmar, isso não é proibido, mas será que ela deveria fazer os dois?”

As gravações dos filmes terminarão antes de julho, porém os treinadores da lutadora disseram que o tempo para corte de peso será muito curto e isto atrapalhará a atleta de bater os 61 quilos que são exigidos para lutar na categoria peso galo.

Mesmo com a humilhante derrota para Holy Holm em novembro de 2015, Ronda continua sendo muito requisitada pela mídia americana. Além dos dois filmes que já estão em fase final ela irá apresentar um tradicional programa de televisão americano o “Saturday Night Live” no dia 23 de janeiro.

Publicidade

Após a apresentação do programa ela irá fazer um ensaio fotográfico para a revista Sports Illustrated.

Em compensação, sua algoz Holy Holm continua sua carreira a todo vapor. Ela defenderá o seu cinturão no UFC 197 no dia 05 de março, fazendo o “co-maning event” da noite enfrentando Miesha Tate ex-campeã do Stikeforce e que já perdeu para Ronda Rousey duas vezes.

A luta principal do UFC 197 será a disputa de cinturão peso leve entre o brasileiro Rafael dos Anjos e irlandês Conor MacGregor. #Entretenimento #Famosos #EUA