José Mourinho vai mesmo para o Manchester United, mesmo que alguns jogadores do time não concordem com a sua chegada. Segundo garante o jornal “The Sun”, o técnico português e o clube inglês desenvolveram nas últimas semanas intensas negociações informais para que todos os pormenores fossem finalmente esclarecidos. A decisão de Mourinho já foi tomada e o técnico português já perguntou aos seus técnicos-adjuntos se eles também querem acompanhá-lo nessa nova aventura a serviço do Manchester United.

Para a imprensa inglesa não há dúvidas, José Mourinho vai ser o próximo técnico do Manchester United, sendo que Van Gaal vai ser demitido mais cedo ou mais tarde.

Publicidade
Publicidade

Desempregado há várias semanas, José Mourinho terá sido contactado várias vezes pelos responsáveis do clube inglês que mostraram um enorme interessa na sua contratação, algo que também agrada muito o técnico português.

Na verdade, depois da saída de Alex Ferguson, o lendário técnico do United, a imprensa internacional sempre apontou Mourinho como o técnico indicado para continuar comandando os destinos de um dos maiores clubes do mundo. Porém, isso não aconteceu mas o destino pode muito bem voltar a juntar ambos, que andaram desencontrados durante alguns anos. Depois da desilusão no Chelsea, Mourinho quer provar ao público inglês que continua sendo especial e que tem capacidades necessárias para comandar o United para a conquista da Liga Inglesa, que já foge do clube há vários anos.

Como garante o jornal “The Sun”, foi precisamente graças ao pedido especial de Alex Ferguson, bom amigo de Mourinho, que o técnico português acabou decidindo rumar ao clube inglês, mesmo sabendo que estaria traindo a torcida do Chelsea, que tanto amor e respeito sempre deu ao português durante as suas duas passagens pelo time. Com o convite entregue a todos seus adjuntos, Mourinho prepara agora sua chegada ao United que pode muito bem apenas acontecer no final dessa temporada caso Van Gaal consiga melhorar um pouco os seus resultados que até agora tem estado abaixo de todas as expectativas iniciais.

Publicidade

#Negócios #Europa #Futebol Internacional