O Flamengo lançou no dia 16 de janeiro (sábado) o seu novo terceiro uniforme do clube. Mancuello, Paolo Guerrero, Emerson Sheik e o goleiro Paulo VIctor foram os garotos propaganda do evento de lançamento. A camisa é toda preta com detalhes em vermelho, seguindo padrão de seu fornecedor de uniformes. O clube exibiu  o uniforme em rede social e fez enquete para saber se a torcida aprovava a nova camisa, e a maioria da torcida gostou do novo uniforme.

O vídeo (veja abaixo) lançado como parte da divulgação publicitária do novo uniforme gerou polêmica e causou críticas negativas da torcida rubro-negra e boa parte dos  torcedores rubro negros.

Publicidade
Publicidade

O vídeo produzido pelo grupo humorístico "Desimpedidos" sob encomenda da Adidas, fornecedora de uniformes do #Flamengo, teve a participação do funkeiro "Nego do Borel".

A polêmica ocorreu porque um dos personagens da peça publicitária refere-se ao clube carioca como "Framengo", forma pejorativa que as torcidas adversárias utilizam para se referir ao Flamengo, tentando ressaltar uma possível ignorância ou inabilidade linguística da torcida rubro-negra. Embora, os termos "Curintia" e "Parmeira" sejam aceitos pelas respectivas torcidas paulistanas, a torcida do Flamengo repudia o termo "Framengo" como mostrou a repercussão do vídeo.

Assim, o vídeo foi motivo de piada por parte da torcida adversária, viralizou e causou revolta na torcida rubro negra.

Inicialmente, a diretoria negou participação na produção do vídeo através de uma nota oficial, mas admitiu que teve acesso ao roteiro do vídeo.

Publicidade

Contudo, o gerente de marketing do Flamengo, Dirceu Junior, foi reconhecido no vídeo e também apareceu falando "Framengo". contradizendo a posição da diretoria rubro-negra.

No final da tarde de domigo (17), a assessoria de imprensa do Flamengo divulgou nova nota: "Reconhecemos que houve um erro de alinhamento entre as partes envolvidas na produção do vídeo. Já publicamos uma nota e agora estamos tratando a questão internamente".

Não se pode negar que o vídeo teve repercussão maior do que a esperada para um vídeo de lançamento de terceiro uniforme, mas de forma bem negativa, pois foi causa de chacota de torcedores e gerou constrangimento entre a diretoria do Flamengo, gerência de marketing e a fornecedora de materiais esportivos. Possíveis consequências serão vistas nos próximos dias. #Futebol