O UFC anunciou uma superluta para o UFC 197, a luta entre o brasileiro campeão peso leve Rafael dos Anjos contra a sensação do momento, o irlandês campeão peso pena Connor MacGregor.

A tão esperada luta já aguardada com grande ansiedade pelos fãs de MMA espalhados por todo o mundo acontecerá no dia 05 de março em Las Vegas, no maior templo de lutas mundial, o MGM Grand Garden Arena.

Como já se esperava o irlandês irá subir de categoria e lutará no peso do brasileiro Rafael dos Anjos, 70 quilos. Atualmente MacGregor luta no peso pena até 66 quilos.

Agora o irlandês tentará fazer história no UFC e tentar ser campeão de duas categorias ao mesmo tempo.

Publicidade
Publicidade

Algo inédito e nunca alcançado por nenhum outro lutador.

O co-maining event da noite também foi anunciado e será a disputa do cinturão feminino peso galo até 61 quilos. Nessa disputa a atual campeã a americana Holy Holm, algoz de Ronda Rousey enfrentará a também americana Miesha Tate.

A luta principal marcará a disputa de titãs. Os dois lutadores estão embalados e vem de vitórias consecutivas.

Rafael dos Anjos vem de vitória em sua primeira defesa de cinturão. Nocauteou o americano Donald Cerrone em apenas 1m06 s, aplicando um nocaute por socos. Cerrone vinha de oito vitórias consecutivas e foi parado somente por Dos Anjos.

Já MacGregor destruiu um reinado de dez anos de José Aldo em apenas 13 segundos, aplicando um nocaute milimétrico em Aldo. O nocaute de MacGregor chocou o mundo das lutas.

Publicidade

O cartel de Rafael dos Anjos é de 25 vitórias e sete derrotas. O brasileiro vem embalado por cinco vitórias consecutivas.

Connor MacGregor tem um cartel de 19 vitórias e duas derrotas, sendo que suas derrotas não foram no UFC. Em lutas no UFC, o irlandês está invicto possuindo sete vitórias consecutivas.

Nas lutas entre as mulheres, Holm não quis esperar Ronda Rousey gravar seus filmes e aceitou lutar com Miesha Tate.

O cartel de Holy Holm é perfeito, possui dez vitórias em dez lutas. Miesha Tate terá nova oportunidade de ganhar o cinturão, já que em sua primeira oportunidade foi finalizada por Ronda Rousey.

O cartel de Miesha Tate é de dezessete vitórias e cinco derrotas. #Entretenimento #EUA