Quando se fala em trocar jogadores de futebol entre os clubes, todos ficam preocupados. Nesse momento, quem realiza essa operação é o time paulista #Corinthians, que cede Marciel em troca de Willians do time mineiro, #Cruzeiro.

Durante essa semana, os dirigentes do Cruzeiro comentaram em tom de brincadeira que a troca entre as equipes eram de jogadores sem popularidade. O Corinthians receberá cobranças futuras por ter dispensado um jogador que é promessa para o #Futebol, enquanto Willians, é um atleta sem relevância na concepção do técnico do Cruzeiro, Deivid. Por isso foi cedido pelo clube. Já na visão dos mineiros, o Cruzeiro trocou um jogador efetivo nos campeonatos de 2015 por um atleta jovem e sem experiência. 

Enquanto o Cruzeiro confirmava a troca, o chefe do Corinthians, campeão brasileiro da temporada passada, Edu Gaspar, falava em uma coletiva de imprensa que se sentiu incomodado e saiu em defesa da equipe alvinegra.

Publicidade
Publicidade

Após a ida de Ralf para uma equipe chinesa, houve a obrigação de se contratar um meio de campo com disposição. Tite sentiu que o meio de campo do Corinthians se enfraqueceu e os dirigentes esperam que Willians possa suprir esse vazio na equipe em um curto período de tempo, principalmente durante a Copa Libertadores

Por outro lado, Edu Gaspar acredita que Marciel não teria muitas chances na equipe paulista. Apesar das constantes movimentações no mundo do futebol o gerente acredita que não é hora de apostar em novos jogadores.

Na equipe cruzeirense, o gerente Thiago Scuro já estava de olho em Marciel, assim que o Corinthians sinalizou interesse em Willians, a equipe mineira logo disse que queria Marciel em troca. O Cruzeiro já possui dois volantes com salários caros, Ariel Cabral e Henrique.

Publicidade

Não seria prioridade manter mais um jogador desse naipe. O Cruzeiro pretende, para o ano de 2016, diminuir os gastos com salários de jogadores. E pretende escalar jogadores com menor idade e que sejam rápidos, tanto para defesa, quanto para o ataque.

As equipes não revelaram em quanto ficou as negociações de seus atletas.