O começo de temporada do #Flamengo acabou não sendo da forma que o recém-chegado técnico Muricy Ramalho desejava. Na última quinta-feira, a equipe enfrentou o Ceará na Arena Castelão, em Fortaleza. Mesmo com a entrada de Mancuello no segundo tempo, a equipe rubro-negra até chegou a virar o jogo na etapa final, mas tomou o empate do Ceará com um belíssimo gol de Serginho no apagar das luzes. Nos pênaltis, o capitão Wallace e Guerrero desperdiçaram para o lado do Fla, o que deu o título ao Ceará, que não desperdiçou nenhuma cobrança.

Novo ano, velhos problemas...

Certamente, o torcedor flamenguista que foi a Arena Castelão ou que assistiu a partida pela televisão, ficou frustrado após o fim do jogo.

Publicidade
Publicidade

Não apenas pelo resultado, até por que trata-se de pré-temporada, mas principalmente por ter visto sua equipe cometer os mesmos erros do ano passado. O meio campo novamente teve atuação ruim, Willian Arão e e Márcio Araújo, que tinham função de fazer a transição entre a defesa e o ataque, pouco produziram.

O zagueiro Juan, recém contratado, também foi uma baixa. Talvez os dois principais destaques do Flamengo tenha sido Mancuello, que ao entrar no segundo tempo contribuiu com certa criatividade para o meio campo, com passes precisos e jogadas de criatividade, e Marcelo Cirino, que fez um gol e mostrou que nas mãos de Muricy, pode reencontrar seu bom futebol. Com o empate em 3x3 no tempo normal (Emerson Sheik aos 13 do 2° tempo, Salazar, contra, aos 38 do 2° tempo e Cirino aos 41 do 2° tempo pelo Flamengo, e Siloé aos 25 do 1° tempo, Bill aos 3 do 2° tempo e Serginho aos 42 do 2° tempo para o Ceará) a partida foi decidida nos pênaltis.          

Guerrero, que não faz um gol sequer desde agosto do ano passado, desperdiçou sua cobrança, a exemplo de Wallace.

Publicidade

Mesmo sendo irrelevante, o Ceará, com a vitória, ficou também com o título da Taça Asa Branca, que foi criada esse ano, e será disputada sempre no mês de janeiro, onde o campeão da Copa do Nordeste enfrentará uma equipe convidada, nacional ou internacional. #Futebol #Resenha Esportiva