O #Fluminense anunciou um reforço de peso para a temporada 2016, o zagueiro Henrique, aquele mesmo que se destacou no Palmeiras e que era o preferido do técnico Luís Felipe Scolari. Henrique inclusive foi convocado para a Copa do Mundo de 2014 ficando a maior parte do tempo na reserva de David Luiz e Thiago Silva.

O Fluminense fechou negociação junto ao Napoli, clube em que Henrique atuava desde 2014. Outros clubes brasileiros estavam na concorrência pela compra do jogador. Flamengo e Grêmio também estavam disputando a repatriação do jogador, mas a proposta salarial do Fluminense foi a melhor apresentada ao jogador.

O clube das Laranjeiras desembolsará R$ 450 mil mensais para manter o seu jogador no elenco tricolor.

Publicidade
Publicidade

No Napoli, Henrique recebia aproximadamente 1,25 milhões de euros anuais, o que em reais seria R$ 5,31 milhões.

Essa quantia mensal foi equiparada, pois mensalmente Henrique recebia no Napoli R$ 440 mil. A proposta do Fluminense superou a do Flamengo em R$ 150 mil, que pretendia pagar ao jogador mensalmente R$ 300 mil. Com a negociação fechada, Henrique defenderá as cores do Fluminense por três anos. Sua apresentação ocorrerá na quinta-feira, e o jogador irá se apresentar nas dependências do clube para a realização de exames médicos.

Na outra semana, o zagueiro irá viajar com todo o elenco para a pré-temporada que ocorrerá em Orlando nos Estados Unidos. Henrique é um desejo antigo dos dirigentes do Fluminense. As negociações se arrastavam desde novembro, tanto que o presidente do Fluminense Peter Siemsen até viajou para a Itália para negociar pessoalmente com os dirigentes do Napoli.

Publicidade

Apesar de Henrique estar parado, o jogador não atua desde maio, sua contratação é vista como fundamental para a formação da equipe. A comissão técnica desejava a contratação de um jogador com grande experiência internacional para dar suporte aos jogadores mais jovens do elenco.

Henrique iniciou sua carreira em 1998 no Coritiba onde jogou por dez anos até ser transferido ao Palmeiras em 2008, onde foi campeão paulista e teve ótimo desempenho despertando interesse do Barcelona. Como não teve bom aproveitamento no time catalão, acabou sendo emprestado ao Bayer Leverkusen e Racing Santander até retornar ao Palmeiras em 2011, onde jogou até 2014 quando foi negociado com o Napoli. #Futebol #Futebol Internacional