As especulações do retorno do “Imperador” Adriano aos gramados estavam se espalhando na imprensa brasileira e, ao que parece, se tornou realidade. O atacante acertou contrato com o "Miami United" dos Estados Unidos e está oficialmente de volta aos gramados de #Futebol após um ano e nove meses parado sem atuar por nenhum clube profissional.

O jogador, que já foi destaque em grandes clubes do futebol brasileiro (Flamengo), mundial (Internazionalle de Milão) e também da #Seleção Brasileira, tentará novamente jogar em alto nível, já que em seus últimos clubes aos quais foi contratado teve atuações pífias e marcadas por problemas disciplinares.

Publicidade
Publicidade

Ele disputará a quarta divisão do futebol americano e disputará a liga NPSL. A liga principal dos Estados Unidos é a MLS (Major League Soccer).

Adriano terá mais uma chance de provar que é um grande jogador de futebol e que sua fama de “baladeiro” é coisa do passado.

Além de jogar pelo Miami United, o jogador ainda adquiriu parte da compra dos direitos econômicos do time. Ele adquiriu 40% do clube junto aos sócios do Miami e desembolsou uma quantia de aproximadamente 4 milhões de dólares (cerca de 16 milhões de reais) para poder se associar como um dos proprietários do time e poder investir no promissor mercado do futebol americano.

Estreia do jogador somente acontecerá depois do carnaval

Segundo declaração dada pelo empresário de Adriano, o atleta se apresentará ao Miami somente após o carnaval.

Publicidade

O jogador pretende festejar seu aniversário no dia 17 de fevereiro com familiares no Rio de Janeiro para depois sim, desembarcar nos Estados Unidos.

O empresário ressaltou também que o jogador está tendo todo o apoio da família nessa nova etapa da carreira e que o atacante está à procura da compra de uma casa próxima ao centro de treinamentos do Miami e de um carro para chegar até lá.

Toda a família de Adriano irá morar junto com o jogador nos Estados Unidos como forma de incentivo para que ele consiga se manter no clube e tenha sucesso no futebol como no passado. #Futebol Internacional