O atacante do Barcelona #Lionel Messi trouxe de volta a si mesmo o título de melhor jogador do mundo. Após ter perdido as duas últimas edições do "Bola de Ouro" para o seu oponente, Cristiano Ronaldo, que também concorria ao prêmio este ano, Messi confirmou o favoritismo ao título e venceu a premiação que ocorreu em Zurique na tarde desta segunda-feira (horário de Brasília).

Eram pretendentes ao título de melhor do mundo o argentino que joga na equipe do Barcelona, Lionel Messi, o português que atua no Real Madri, Cristiano Ronaldo e o brasileiro que também joga no Barça, Neymar. Ao ganhar o prêmio, que foi dado pelas mãos do brasileiro Kaká, Messi agradeceu muito as pessoas que se dispuseram a votar no seu talento.

Publicidade
Publicidade

Ele se sentiu feliz em novamente receber o "Bola de Ouro" depois de duas edições vencidas pelo colega do #Futebol, Cristiano Ronaldo. Messi, ainda em sua fala, agradeceu ao futebol por proporcionar esse grande momento em seu vida.

Com 52 gols marcados durante os torneios de 2015, Messi, que também venceu o prêmio Globe Soccer Award 2015, agora está com duas Bolas de Ouro a mais que seu concorrente mais próximo, o português Cristiano Ronaldo. O argentino acabou de levar o 5º prêmio para casa, enquanto Ronaldo levou apenas três. Messi havia vencido em 2009, 2010, 2011 e 2012 e agora ele também é o melhor de 2015. Cristiano Ronaldo foi o jogador de futebol mais habilidoso do mundo em 2008, 2013 e na última edição do prêmio, em 2014.

Neymar, que também esteve na disputa de melhor jogador em 2015, ficou com o terceiro lugar, atrás de Cristiano Ronaldo, com 7,86% dos votos contra 27,86% do segundo colocado.

Publicidade

O grande vencedor esteve distante dos concorrentes e obteve 41,33% da votação.

Além da premiação de melhor do mundo, a Fifa também elegeu a seleção do ano de 2015 e o Brasil conseguiu assegurar quatro vagas nessa equipe: Daniel Alves, Marcelo, Thiago Silva e Neymar compuseram o melhor time do mundo pela Federação, junto com Neuer, Iniesta, Sergio Ramos, Modric, o jogador do Real Madri Cristiano Ronaldo e o argentino Messi. #Futebol Internacional