Real Madrid e Cristiano Ronaldo vão mesmo se separar no final da temporada. Segundo informa o jornal “The Telegraph”, o craque português não encaixa nos planos futuros de Florentino Pérez para o Real Madrid, pelo que sua venda é a solução ideal. Além da sua idade já avançada, os problemas crônicos em seus joelhos e a nova filosofia do time, que foca muito mais no coletivo, fazem com que #Cristiano Ronaldo seja nesse momento dispensável para o Real Madrid. Manchester United e PSG são os destinos mais prováveis para Ronaldo.

Apesar de ainda ser um dos melhores jogadores do planeta, Cristiano Ronaldo já não encaixa mais nos planos de Florentino Pérez, o presidente do time que nunca teve uma grande relação com o atacante português.

Publicidade
Publicidade

A porta está assim aberta para Ronaldo sair pela porta grande de Madri, conseguindo que o clube da capital espanhola ainda consiga ganhar muito dinheiro com sua venda, antes que seja tarde demais.

Segundo garante o jornal inglês “The Telegraph”, já com Rafa Benítez o Real Madrid tentou jogar de uma forma muito mais coletiva, tentando deixar as individualidades para segundo plano. Ora, como foi perceptível nesses últimos meses, Cristiano Ronaldo nunca apreciou esse novo modelo de jogo, principalmente pelo enorme destaque que Gareth Bale estava conquistando em cima do craque português, que nunca gostou muito de ter competição dentro do seu time.

Assim, com visões completamente diferentes, Cristiano Ronaldo pode render mais de 100 milhões de euros ao Real Madrid, que conseguiria dessa forma recuperar o investimento que fez com o jogador, e o português pode terminar sua carreira em um local que dê valor a todo o seus talento e consiga garantir mais conquistas para o seu brilhante currículo.

Publicidade

Apesar do Manchester United ter um peso enorme para Cristiano Ronaldo, que sempre se sentiu em casa no seu time, anterior parece que será o dinheiro do PSG que poderá convencer Ronaldo, naquela que seria muito provavelmente a maior transferência da história do futebol, mais impressionante ainda, por se tratar de um jogador que vai fazer 31 anos em fevereiro. #Europa #Futebol Internacional