Como divulgou a imprensa internacional, Carrillo fez uma escala em Madri, para acabar jogando pelo eterno rival do Sporting, o Benfica. Assim como publicou o jornal “Correio da Manhã”, a reunião de Luís Filipe Vieira, Presidente do Benfica, com o jogador peruano faz agora todo o sentido, visto que o Atlético não pode contratar em 2016 mais nenhum jogador por causa do castigo recente aplicado pela FIFA. Sendo assim, a imprensa garante que o Atlético de Madrid vai dar prioridade no empréstimo do jogador ao Benfica, enquanto ele não pode ser inscrito nas competições espanholas e internacionais pelo clube espanhol.

A novela Carrillo, que tanta confusão e discussões têm provocado nos últimos meses, parece que finalmente tem um fim.

Publicidade
Publicidade

Quando tudo indicava que o talentoso jogador iria sair do Sporting a custo zero para longe de Portugal, a restrição das últimas semanas da FIFA ao Atlético de Madrid fez com que o jogador e seu representante vissem o Benfica como uma boa opção de carreira para o próximo ano.

Como afirmou o jornal “Correio da Manhã”, o Atlético de Madrid está a poucas horas de garantir a contratação a custo zero do atacante do Sporting, porém só tomará a decisão final se tive um clube disposto a receber o jogador para a próxima temporada. É exatamente aí que entre o Benfica que, segundo a mesma publicação, sempre teve um enorme interesse em contratar o talentoso jogador, ainda por cima enfraquecendo ao mesmo tempo o rival.

Com as novas informações dadas pela imprensa internacional já foi possível perceber o objetivo da reunião surpresa entre o Presidente do Benfica e Carrillo, no centro de Lisboa, quando tudo indicava que o jogador iria assinar pelo Atlético de Madrid.

Publicidade

O clube espanhol dará sempre prioridade ao clube português para emprestar o jogador, faltando agora o “sim” de Carrillo e o seu empresário, que vão levar em conta o fato do jogador atuar por um eterno rival do Sporting, exatamente na mesma cidade. Nas redes sociais, o assunto está provocando muita confusão e polêmica entre as torcidas dos dois rivais. #Negócios #Futebol Internacional