A Fifa, entidade máxima e reguladora do futebol mundial, decretou: Real Madri e Atlético de Madri estão proibidos por um ano de efetuar qualquer contratação de jogadores. Uma punição idêntica a sofrida pelo Barcelona e que expirou recentemente. Semana passada o Real Madri festejava a apresentação de Zidane e agora o técnico terá que trabalhar sem poder pedir jogadores para compor o elenco galático. 

Real Madri e Atlético de Madri juntamente com o Barcelona compõem as três maiores equipes do futebol espanhol e estão mais próximos por também serem rivais dentro da capital nacional.

Segundo nota divulgada pela Fifa, Real e Atlético estão impedidos de contratar atletas após a temporada de 2015/2016 até o fim da temporada 2016/2017, tal decisão se deu após a entidade analisar as documentações entregues pela federação espanhola a organização.

Publicidade
Publicidade

A Fifa investiga a mais de um ano as contratações efetuadas por ambas as equipes, elas podem ter cometido a irregularidade de contratar jogadores menores de idade, o que é proibido pela instituição.

Em um trecho da nota divulgada pela Fifa sobre a punição de Real Madri e Atlético destaca-se:

"Descobriu-se que os dois clubes violaram diversas determinações a respeito de transferências e profissionalização de jogadores menores de idade"

Em sua nota a Fifa ainda faz menção a mais três violações cometidas pelos clubes espanhóis e todas são referentes ao regulamento de contratação de jogadores. Estão isentos da penalidade as modalidades de futebol feminino de ambas as equipes, assim como as contratações para o futsal e o beach soccer.

A Fifa ainda fez questão de esclarecer que a punição de Real Madri e Atlético de Madri serão aplicadas a partir da próxima temporada de contratações e não desta janela de transferências que já se encontra em andamento e será encerrada em 1º de fevereiro.

Publicidade

As equipes ainda vão ter que pagar uma multa equivalente a R$ 3,5 milhões e receberam o prazo de 90 dias, a contar desta quinta, para regularizarem a situação de suas contratações que originaram as sanções punitivas da entidade.  #Resenha Esportiva #Real Madrid