#Real Madrid e #Cristiano Ronaldo estão em rota de colisão. Tal como informa o jornal inglês “Daily Mail”, vários são os motivos para o clube querer vender um dos melhores jogadores do mundo. Além de suas exibições estarem cada vez menos influentes, sua idade já ser um fator a considerar e, principalmente, a má relação que o jogador tem com a direção e certos jogadores, como é o caso de Bale, fazem com que a venda de Ronaldo seja equacionada por parte do Real Madrid. Contudo, o time espanhol apenas considera que o United é capaz de conseguir contratar o craque português, não acreditando que o PSG fosse em frente.

Cristiano Ronaldo parece estar sentindo os anos passarem.

Publicidade
Publicidade

Além do time contar cada vez menos com a sua influência e sobretudo seus gols importantes, o atacante português tem sido protagonista na Liga Espanhola pelos piores motivos. Tal como informa a imprensa internacional, em apenas três meses, Ronaldo já agrediu cinco colegas de profissão diferentes, algo que mostra bem o declínio acentuado da carreira do craque.

Com o grande objetivo de tornar Gareth Bale a estrela do time, tal como garante a imprensa inglesa, o Real Madrid está obrigado a vender Cristiano Ronaldo para conseguir que tal aconteça. A única dificuldade agora parece ser arranjar um clube que esteja disposto a oferecer mais de 100 milhões de euros pelo jogador português. Apesar do interesse do PSG, a direção do Real Madrid acredita que só mesmo a vontade do Manchester United pode fazer com que o negócio se consiga realizar no próximo verão.

Publicidade

Na verdade, a relação entre Florentino Pérez e Ronaldo têm piorado significativamente ao longo dos últimos anos. Além de não gostar das escolhas dos técnicos para o Real Madrid, Ronaldo também sente que o time que tem à disposição não é suficientemente forte para conseguir competir com o poderoso Barcelona. Outro aspecto que está incomodando muito o craque é a importância crescente que Bale tem conseguido conquistar no Real Madrid, algo que é inaceitável na cabeça do português, que sempre deseja ser a estrela do grupo onde está inserido. #Futebol Internacional