Definitivamente, o #Flamengo terá uma nova cara para a temporada de 2016. Depois de um ano conturbado, sem grandes conquistas e com uma profunda decepção no Campeonato Brasileiro, onde após atingir uma grande arrancada rumo ao G4 decaiu ao meio da tabela, o rubro-negro mudou sua fotografia para o novo ano. A começar pela comissão técnica. No lugar de Oswaldo de Oliveira, o clube anunciou o experiente Muricy Ramalho, contratado pelo presidente reeleito até 2018, Eduardo Bandeira de Mello.

Logo em sua apresentação oficial, Muricy fez questão de vestir o uniforme do clube e até beijou o escudo. Garantiu estar motivado com o desafio e ainda frisou: "Deve ser muito bom ganhar vestindo a camisa do Flamengo".

Publicidade
Publicidade

Além disso, salientou que vai tentar integrar a categoria de base com os profissionais e cobrou empenho e comprometimento dos atletas: "Isso é o mínimo", avaliou.

Os reforços vieram. Nomes como o experiente zagueiro Juan, a grata surpresa no gol Alex Muralha, o volante Mancuello, o lateral-direito Rodinei e o outro volante William Arão são alguns dos nomes que se integraram ao elenco do Urubu - e que já estão à disposição nos primeiros treinamentos visando os desafios da temporada. Muricy, aliás, não tem feito mistério. Já estabeleceu uma espinha dorsal de sua nova equipe.

Mesmo com a contratação de Muralha, a preferência inicial pelo goleiro titular segue sendo de Paulo Victor. Na lateral direita, quem assumiu foi o contratado Rodinei, que veio com bom status após ser destaque da Ponte Preta em 2015.

Publicidade

No miolo de zaga, o experiente Juan - de volta ao Fla após 14 anos - faz companhia ao já conhecido Wallace, e Jorge fecha a linha de quatro na zaga compondo a ala esquerda.

No meio campo, mais novidades. O setor abre com Márcio Araújo, que terá ao lado o novo reforço William Arão. No setor de criação, Allan Patrick jogará ao lado de Everton. No comando de ataque, o velho conhecido de Muricy, Emerson Sheik, faz parceria ao peruano Paolo Guerrero. Rubro-negros, gostaram do time para 2016? Comentem! #Futebol