Não é novidade para ninguém que o futebol no mundo inteiro é levado de forma passional. Quando se trata de rivalidade nacional, estadual ou até mesmo regional, os ânimos se acirram com muita facilidade, principalmente quando um jogador, ídolo em um clube, se transfere para o arquirrival. Desta vez, quem resolveu dar uma apimentada na rixa entre Barcelona e #Real Madrid foi o búlgaro Stoichkov.

Após completar 50 anos – no último dia 8 de fevereiro – o ídolo do Barcelona e que participou daquele grande time da década de 90, que contava com craques como o baixinho Romário e o dinamarquês Michael Laudrup, respondeu a várias perguntas dos jornalistas, entre elas sobre Neymar, que quando não é notícia devido aos problemas com o fisco, acaba sendo lembrado devido a grande capacidade com a bola nos pés.

Publicidade
Publicidade

Sem perder tempo e demonstrando grande ansiedade para a partida amistosa do dia 20 de maio em homenagem aos seus 50 anos, onde estarão presentes craques como Maradona e o italiano Roberto Baggio, o búlgaro tratou de elogiar Neymar, mas não esqueceu de alfinetar Luis Figo. “Neymar não será um outro Judas. Tenho certeza que ganhará uma bola de ouro vestindo a camisa do Barcelona”, afirmou Stoichkov em entrevista à emissora Esports Cope, em clara alusão à transferência ocorrida no ano 2000, quando o português mudou de ares e foi para o rival Real Madrid por cerca de 60 milhões de euros.

À época, a transferência causou grande repercussão negativa para Figo, que mesmo tendo conquistado dois títulos do Campeonato Espanhol, duas Copas do Rei, além de uma Recopa da Europa pelo time catalão, sofreu com a ira da torcida do Barça.

Publicidade

Logo após a transferência, em um clássico entre as duas equipes, no Camp Nou, foi atirada pela torcida local uma cabeça de porco, que tem o significado de traição.

Após a alfinetada, o búlgaro se ateve ao ex técnico do Barça, Pep Guardiola . “ É um passo importante para Guardiola. Pra ele será muito bom a mudança de ares, para ver como se sai como treinador na Inglaterra”, finalizou um dos maiores craques do futebol mundial. #FC Barcelona