A rivalidade entre Sporting e Benfica está cada vez mais intensa e perigosa, principalmente agora que o FC Porto está longe da luta pelo Campeonato Português. Em declarações ao canal “SIC Notícias”, o atual Diretor de Relações Internacionais do Sporting, Augusto Inácio, garantiu que Renato Sanches tem que ter o mesmo castigo que Slimani. A poucos dias de se conhecer o castigo, que pode ir até 10 jogos, para o jogador argelino, Inácio quer que o melhor jogador do Benfica também cumpra um castigo exemplar pelo que fez contra o Belenenses.

Em um momento em que o campeonato português está entrando na sua fase decisiva, os ataques, vinganças e ódios entre os dois clubes da capital portuguesa estão aumentando significativamente.

Publicidade
Publicidade

Além de processos judiciais, agora é a vez de um dos mais altos representantes do Sporting garantir que, caso o artilheiro do Sporting seja castigado, Renato Sanches também vai ter que ter o mesmo destino.

“Agrediu um jogador do Belenenses. Tem que haver um sumaríssimo”, garantiu Augusto Inácio no canal “Sic Notícias”, dando a entender que o Sporting vai mesmo apresentar o lance da alegada agressão à Liga para as pessoas responsáveis analisarem o lance, assim como está acontecendo com Slimani. Caso tal aconteça, o Benfica ficaria privado de um dos maiores talentos do futebol português e também mundial, sendo que o jogador de 18 anos está sendo já seguido por clubes como o Manchester United e o Liverpool que estão dispostos a cometer uma loucura.

Assim como publicou a imprensa internacional, o Sporting teme que um dos seus melhores jogadores, Slimani, fique muitos jogos afastado do futebol português devido à agressão sem bola a um jogador do Benfica no ano passado.

Publicidade

Assim como aconteceria com o Benfica sem Renato Sanches, o Sporting perderia uma das suas melhores peças para o ataque final do campeonato, algo que poderia ser decisivo nas contas finais, em uma altura em que a rivalidade dos dois históricos clubes está mais intensa que nunca.

Quem vencerá dentro e fora dos gramados nas próximas semanas? A dúvida está lançada. #Europa #Futebol Internacional