A partir desta segunda-feira (15) até domingo (21), o Rio de Janeiro será a capital do #Tênis. Entra em cena a terceira edição do Rio Open, torneio da série ATP 500 e maior campeonato da modalidade na América Latina. Pelo terceiro ano consecutivo, o Jockey Club do Rio de Janeiro sediará a disputa que, neste ano, reunirá nomes de peso como os espanhóis Rafael Nadal e David Ferrer, o francês Jo-Wilfried Tsonga e o norte-americano John Isner.

Campeão da edição de 2014 e inaugural do Rio Open, Rafael Nadal vem à Cidade Maravilhosa dessa vez buscando reencontrar os seus melhores dias. O ex-número 1 do mundo ainda não venceu nenhum torneio na temporada e vem de uma semifinal do Aberto da Argentina na última semana, vencido pela grata surpresa austríaca Dominic Thiem, que também jogará no Rio de Janeiro.

Publicidade
Publicidade

Na estreia, Nadal medirá forças contra o compatriota Pablo Carreño Busta.

Mas engana-se quem pensa que Rafael Nadal será a única estrela do torneio. O carismático francês Jo-Wilfried Tsonga, número 9 do mundo, está pela primeira vez na carreira disputando uma gira de campeonatos na América do Sul e promete empolgar o público brasileiro presente no Jockey. Em sua estreia, encontrará justamente o brasileiro Thiago Monteiro, que ganhou um convite da organização. Outros dois "top players" estarão presentes: David Ferrer, 6° do mundo e campeão da edição de 2015, e John Isner, 12° da ATP.

"É a chave mais forte que nós já tivemos em três temporadas de Rio Open. Temos 5 tenistas entre os 20 melhores do mundo e 10 entre os 40. São nomes de peso. Temos novatos como o Thiem (Dominic, austríaco) e o Sock (Jack, norte-americano), que estão surgindo bem na ATP, teremos o Fognini que foi muito bem no ano passado (vice-campeão), o Bellucci em boa fase na carreira (...) Teremos jogos emocionantes e uma fortíssima briga pela taça", comentou Lui Carvalho, diretor do Rio Open.

Publicidade

Bellucci em quadra já na segunda

Logo no primeiro dia das chaves principais do Rio Open, o principal tenista masculino brasileiro entrará em ação. Embalado pela ótima campanha e o vice-campeonato no ATP 250 de Quito há duas semanas, Thomaz Bellucci terá pela frente o sempre complicado ucraniano Alexsander Dolgopolov, que venceu o brasileiro no primeiro torneio do ano, em Sydney, na preparação para o Australian Open. O confronto envolvendo o melhor tenista do país será o terceiro da quadra Guga Kuerten, e não começa antes das 18h30.

Na chave masculina de simples, destaque para outros dois jogos nesta segunda-feira, também na quadra Guga Kuerten. O gigante norte-americano John Isner, 5° cabeça de chave do torneio, enfrenta por volta das 17h o argentino Guido Pella. Na rodada noturna, fechando os trabalhos da cancha principal, o polêmico e carismático italiano Fabio Fognini enfrenta o britânico Aljaz Bedene. 

Entre as mulheres, duas brasileiras iniciam sua caminhada na chave de simples também no primeiro dia de competições.

Publicidade

Gabriela Cé mede forças contra a romena Ana Bogdan na quadra principal por volta de 14h15 e Bia Maia encara a também romena Sorana Cirstea, não antes das 16h. #Entretenimento #Rio2016