Se por um lado, o lema 'Craque o #Flamengo faz em casa' não vinha acontecendo há alguns anos, esse lema pode voltar como referência no time da Gávea. Depois de algumas revelações em que pareciam que dariam certo, como o meia Adryan, que era dito como o novo Zico, realmente não foi tudo e nem a metade do que foi feito na base do time e na seleção de base.

Ontem, em Macaé, numa partida realizada pelo campeonato carioca, a Cabofriense recebeu o Flamengo com um 'time alternativo', mas com caras conhecidas da torcida e que até o ano passado eram titulares da equipe. Dentre esses havia um jovem, o craque da copinha, natural da cidade de Três Rios, interior do Rio de Janeiro, Felipe Vizeu mostrou maturidade e bom #Futebol com faro de gol.

Publicidade
Publicidade

Titular pela primeira vez no time profissional, Vizeu marcou seu primeiro gol, como profissional, e garantiu a vitória do rubro negro aos 10 minutos do primeiro tempo, em um cruzamento do lateral Pará, Vizeu subiu entre dois marcadores e conseguiu cabecear no canto do gol, não dando chance para o bom goleiro da Cabofriense. 

Vizeu convenceu na partida contra a Cabofriense, fazendo papel de centro avante, dando trabalho na marcação adversária, mesmo assim poderia ter saído com mais um gol, se não fosse por uma defesa de reflexo do goleiro adversário em outra cabeçada de Vizeu. Fez bom papel de pivô e buscando jogo quando preciso. 

Desta vez parece que o lema 'Craque o Flamengo faz em casa' possa mesmo voltar, já que ano passado Jorge assegurou sua vaga no time titular, assim como Paulo Victor, que esquentou o banco de reservas por muitos anos.

Publicidade

Esse ano temos mais novidades de bons jogadores do time de base no time profissional. Vizeu deve ser uma boa sombra para Paolo Guerreiro, e deve receber mais oportunidades, já que o centro avante peruano é titular absoluto da seleção de seu país. Devemos ter mais novidades em breve, Ronaldo é o sonho da torcida rubro negra para assegurar a vaga que hoje é ocupada pelo, incontestado da torcida, Márcio Araújo. 

Se por um lado o Flamengo não revelava mais bons jogadores, após Renato Augusto, hoje temos muito bons jogadores integrando o time profissional como o atacante Vizeu, o volante Ronaldo, o zagueiro Rafael Dumas, o goleiro Thiago e assim terminar o ano com uma boa quantidade de jogadores formados na base do clube e que possam ser realidade no time profissional do Flamengo.